Segue-nos

Famosos

Rui Maria Pêgo recorda: “Os meus pais odiaram, chumbei nesse ano e apaixonei-me…”

Rui Maria Pêgo tornou-se apresentador de televisão aos 19 anos, após deixar curso de Direito. O locutor e apresentador recordou o inicío de carreira…

Publicado

em

Por

Rui Maria Pêgo/Instagram

Rui Maria Pêgo , que se estava a licenciar em Direito, deixou o curso em 2008 para apresentar o programa ‘Curto-Circuito’, na SIC Radical. A partir desse momento, o locutor e apresentador de televisão, continuou sempre a trabalhar na área da comunicação.

Onze anos depois de ter feito o seu primeiro trabalho em televisão, Rui Maria Pêgo recordou o seu inicio de carreira. Este sábado, 30 de Novembro, publicou um texto nas redes sociais, onde refletiu sobre a época.

“Lembro-me do dia em que decidi concorrer ao casting do Curto-Circuito. Estava no primeiro ano de Direito…”, começou por escrever.

“Nos primeiros meses de casting não contei muito sobre mim – ninguém sabia de quem era filho ou se dava beijinhos a rapazes (tinha dado poucos à época)”, referindo-se ao facto de ser filho de Júlia Pinheiro e de ser homossexual.

“Foi tudo muito rápido, tenho a memória de um fórum crashar, de me insultarem na rua quando fui festejar com os meus amigos e de decidir isto desse por onde desse (…) os meus pais odiaram, chumbei nesse ano e apaixonei-me pela primeira vez um mês depois”, revelou.

Refletiu ainda: “Seja como for, ganhei e tornei-me apresentador de um programa de televisão aos 19 anos (…) Fomos absurdamente livres e felizes!”

Como forma de conclusão, Rui Maria Pêgo deixou um género de um conselho aos fãs, para que façam o que lhes traz felicidade: “Façam aquilo que vos dá choques por dentro. Não mudava uma vírgula do meu percurso até aqui e se há coisa que sei é esta: aquilo que nos destrói é só o começo de um mundo maior”.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING