Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Rui Figueiredo acredita que “prometeram” algo a Catarina Miranda: “Certamente deram-lhe uma esperança…”

“Alguma coisa lhe prometeram”, defendeu Rui Figueiredo no programa ‘Noite das Estrelas’, da CMTV…

Publicado

em

Rui Figueiredo acredita que “prometeram” algo a Catarina Miranda: “Certamente deram-lhe uma esperança…”
Reprodução CMTV e Catarina Miranda/Instagram

Catarina Miranda marcou presença no programa ‘Goucha’ desta quinta-feira, 30 de maio, e desmentiu as notícias que deram conta de que lhe terá sido prometido algo no confessionário pelo Big Brother e a produção do reality show no momento em que foi expulsa.

Leia também: Catarina Miranda revela “conversa secreta” com o Big Brother: “Ninguém me prometeu nada”

As declarações da ex-concorrente do Big Brother 2024 foram alvo de comentário no programa ‘Noite das Estrelas’, da CMTV, e Rui Figueiredo recordou o estado em que Catarina saiu do reality show após ter sido expulsa por comportamento agressivo e inaceitável.

Foi uma alteração emocional muito rápida. Aliás, ela entrou ali com um ataque de pânico, uma crise de ansiedade, debilitada psicologicamente. Entretanto, passado três minutos, foi uma transformação muito rápida. Eu conheço de voz o Big Brother e sei a capacidade única, incrível e eloquente que tem de convencer as pessoas. Mas creio e continuo a crer que não foi só isso. Tenho a ideia que certamente lhe prometeram possivelmente a entrada num próximo reality show, não sei se como estratégia para ela se acalmar“, começou por defender.

Após expulsão, Catarina Miranda chora no último confessionário: “Não tenho nada agora…”

O comentador e ex-concorrente do Big Brother reforçou o seu ponto de vista: “Alguma coisa lhe prometeram, pelo menos disseram e certamente deram-lhe uma esperança. Eu não estou contra isso, acho que é uma estratégia que funciona“.

Sílvia Botelho, uma das comentadoras do painel, destacou por sua vez: “Até pode ser um pico de ansiedade mas ataque de pânico não é com certeza“. Ricardo Azedo acrescentou: “Acho que houve tempo suficiente não para a Voz, porque não tem poder de decisão nenhum, mas para alguém da produção ou da direção da TVI ter dito: ‘acalmem a menina que a seguir pode vir para aí qualquer coisa’. Eu acho que é possível“.

Veja o vídeo aqui.

TRENDING