Segue-nos
PUBLICIDADE

Animais

Rocket, o cão que ia ser abatido e que, agora, salva vidas

PUBLICIDADE

Publicado

em

Por

Todos os dias, milhares de cães, nos quatro cantos do mundo, são abatidos pelas mais variadas razões. Há inúmeros animais que precisam de um lar. Infelizmente, o número de lares com capacidade para os adotarem não é suficiente.

PUBLICIDADE

Este é um problema com mais expressão para os chamados ‘cãos não adotáveis’, aqueles cães que têm traços que os tornam difíceis de lidar. Esses traços estão, geralmente, relacionados com a falta de capacidade de socialização (que não terá sido implementada ainda em cachorros) ou, simplesmente, um excesso de energia.

Rocket é um desses casos. Com um temperamento difícil de controlar, onde os elevados índices de energia geravam elevados índices de ansiedade, tornava-se difícil encontrar-lhe uma família que o quisesse adotar. Apesar de estar na lista para ser abatido, felizmente, antes de efetivamente o ser, houve alguém que surgiu no seu caminho e que o salvou…
Hoje, Rocket mão só está agradecido, como retorna, todos os dias, o favor de volta, salvando, também ele, outras vidas.

A organização The National Disaster Search Dog Foundation partilhou a incrível jornada de Rocket, a 28 de agosto deste ano.

“Devido ao seu alto índice energético, o Rocket estava na lista para abate, por ser considerado um cão ‘não adotável’. Mas o staff da SPCA – International Global Animal Rescue percebeu o seu potencial, e as características de cão de resgate.

PUBLICIDADE

Contactámos a Andrea para o avaliar para o nosso programa. O Rocket não se adaptou logo, mas a Andrea e o seu fantástico marido adaptaram-no, de qualquer forma e ele foi aceite, mais tarde! O Rocket prosgrediu muito com o treino e passou a ser o parceiro do Engenheiro Mike Stornetta, do departamento de Bombeiros de Windsor a 6 de agosto de 2014.

Eles conseguiram o certificado FEMA Certification e o furacão Harvey é o seu destacamento juntos, mas é o seu primeiro e maior destacamento como membros da Oakland-based California Task Force 4.”

Denise Sanders, porta-voz do National Disaster Search Dog Foundation, referiu, depois, em entrevista à revista People, que a sua avaliadora, Andrea, se apaixonou ele, levando-o para casa, depois de ter chumbado nos testes de avaliação, em 2012. Alguns meses mais tarde, em 2013, Rocket passava aos testes “com distinção”, como refere.

PUBLICIDADE

Rocket, um arraçado de Border Collie, e o seu parceiro, Mike, têm ajudado, desde então, todas as vítimas do furacão Harvey.

De acordo com a revista RedBook, a primeira missão de Rocket terá sido a de prestar assistência à queda de um avião na Califórnia, provocada pelo furacão.

Hoje, Rocket é um dos 14 cães de resgate a trabalhar no Texas, nos Estados Unidos. A sua especialidade é encontrar vitimas de acidentes que estejam ainda com vida, o que se tornou uma ajuda preciosa depois do furacão ter passado por toda a zona de Houston.

A 6 de setembro, o departamento onde Rocket trabalha, o Windsor Fire Protection District, divulgou uma atualização do seu trabalho.

PUBLICIDADE

“A força de trabalho estava toda a caminho de casa, depois de termos lidado com o furacão Harvey, quando recebemos aqui uma chamada a comunicar: ‘Venham, precisamos da vossa ajuda, o furacão Irma vem a caminho! Demos meia volta e regressámos, para prestar auxílio a quem mais precisa, depois de mais um desastre natural!”, pode ler-se no Facebook:

“A equipa está a regressar do Texas e a dirigir-se para o Alabama para um novo destacamento”, acrescentam.
Mike Stornetta acrescentou, ainda: “Estamos com um bom espírito e prontos para ajudar! Os nossos pensamentos e as nossas preces estão com aqueles que foram afetados. Nós estaremos lá, no terreno, para ajudar quem precisa!”´

Não há dúvidas: a equipa funciona! Graças a Andrea e Mike, Rocket teve uma nova oportunidade na vida…

PUBLICIDADE
Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING