Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Rita Pereira deixa alerta: “Hoje caiu mais um avião cheio de portugueses. Morreram 214”

PUBLICIDADE

Num desabafo emotivo, Rita Pereira lamenta a indiferença com que os portugueses olham para o número de mortes por Covid-19…

Publicado

em

Por

Rita Pereira / Instagram

Rita Pereira recorreu hoje às redes sociais para partilhar (mais) um alerta aos seguidores em virtude da situação a que chegou a pandemia em Portugal.

PUBLICIDADE

Com uma fotografia onde se mostra ao lado do filho, Rita Pereira começa por explicar que podia arranjar desculpas para poder sair de casa, mas que opta por não o fazer já que a “prioridade é ficar em casa e fazer de tudo para não apanhar covid”.

“São 16h, está sol lá fora, tenho de ir às compras, tenho de ir deixar uma encomenda aos correios, tenho uma roupa para levar à costureira, mas tudo isto, neste momento, não são prioridades. Poderia arranjar desculpas para o serem, mas quando olho para as notícias, não são. Prioridade é ficar em casa e fazer de tudo para não apanhar covid”, começa por explicar.

Mais à frente no texto, a atriz lamenta o facto de as notícias do número de mortes e internamentos já não chocar os portugueses, e faz uma comparação: ” Gente, hoje caiu mais um avião cheio de portugueses. Morreram 214 pessoas. Verdade!!! Morreram 214 portugueses!!! Se calhar se a notícia fosse esta, todos ficariam chocados. A notícia não é bem esta. A notícia é: morreram mais 214 portugueses…por covid19. Infelizmente parece que já não choca a muitos da mesma forma, certo?! Mas tem de chocar!!!!!!!! “, revela a atriz.

Depois recorda o testemunho do médico de cuidados intensivos Gustavo Carona, para justificar o apelo que está a fazer: “Hoje fui ver o testemunho do Dr. @gustavocarona no Instagram do @corpodormente . Fiquei a pensar no que ele disse sobre os influencers, atores, pessoas com muitos seguidores, fazerem agora usufruto daquilo que são na sociedade. De que vale eu ter sido capa da @forbespt se não conseguir convencer 1 pessoa a ficar em casa?!”, desabafou.

PUBLICIDADE

“Eu quero ajudar, eu quero contribuir, eu quero dar a mão a todos os profissionais de saúde que estão há meses sem poder ter este tempinho, deitados ao lado dos filhos às 16h, em suas casas, calmos e serenos. Aqui fica o meu contributo. Eu estou em casa e gostava mesmo muito que vocês fizessem o mesmo. Um grande abraço de enorme respeito e gratidão a TODAS as pessoas que estão neste momento num qualquer hospital a tentar salvar uma vida. Obrigada”, concluiu Rita Pereira.

Ora veja:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Rita Pereira (@hyndia)

COMENTÁRIOS

TRENDING