Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Rita Ferro Rodrigues sai em defesa de Fernanda Câncio: “Nunca atacou a Lenka ou a forma como se veste…”

PUBLICIDADE

Rita Ferro Rodrigues respondeu à polémica em torno da repercussão dos comentários de Fernanda Câncio sobre Lenka…

Publicado

em

Reprodução/Redes sociais

No seguimento da repercussão que os comentários da jornalista Fernanda Câncio sobre o vestido de Lenka numa emissão de ‘O Preço Certo’ tiveram nas redes sociais, Rita Ferro Rodrigues recorreu ontem ao Instagram para responder à polémica que acabou por se gerar.

PUBLICIDADE

Esta é a minha amiga. Uma irmã. Uma das mulheres que mais admiro nesta vida e a única que me consegue perceber e sentir inteiramente, nesta coisa da vida pública que se forma ditatorialmente, muito para além de nós“, começou por escrever a apresentadora, que partilhou uma fotografia da jornalista.

A Fernanda é uma jornalista extraordinária, uma mulher sem medo que por isso assusta tanta gente. Tem coragem e é integra e brava – características indesculpáveis numa mulher. É a mulher que conheço mais solidária com outras mulheres. A mais solidária. Porque é que escrevo isto? Porque é verdade. E porque o ódio não pode vencer“, acrescentou.

A Fernanda anda há 30 anos a lutar pelos direitos das mulheres, da comunidade LGBTI, dos negros , dos ciganos, de rigorosamente todas as pessoas que por norma, são excluídas. E leva muita porrada por isso. Tenho tanto orgulho nela caramba. Tanto. Que fique escrito. Love u“, prosseguiu.

PUBLICIDADE

Numa storie de Instagram, Rita Ferro Rodrigues partilhou uma nova mensagem: “Como é óbvio, a Fernanda nunca atacou a Lenka ou a forma como se veste. Questionou sim, e bem, a permanente objetificação das mulheres nas televisões nacionais, seja em montras de prémios ou a abanar o rabo nos programas de Domingo – com escolhas de realizadores que lhes exploram o corpo – sem haver homens nos mesmos trajes e circunstâncias“.

Infelizmente sei bem do que falo, foram muitos anos a fazer televisão e a tentar travar batalhas internas dentro das equipas onde trabalhava, em busca de uma noção de igualdade e de combate a um sexismo óbvio – com muito poucas chefias a ouvir-me (lá está, era a chata de serviço). Estou cansada de tanta estupidez e de tanto ódio. Querida Fernanda, obrigada por nunca desistires e seres a mulher incrivelmente corajosa e íntegra que és. E perdoa-lhes… que eles não sabem do que falem“, concluiu.

Escrevo sobre tudo e em qualquer circunstância. Movo-me pela vontade de contar histórias e adoro escrever sobre a televisão, os reality shows e os famosos, entre muitas outras coisas...

COMENTÁRIOS

TRENDING