Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Rita Ferro Rodrigues impressionada com “filas de ambulâncias” deixa alerta: “Isto nunca esteve tão mau…”

PUBLICIDADE

“Tive muita dificuldade em adormecer”, explica Rita Ferro Rodrigues que deixou um apelo aos seguidores…

Publicado

em

Por

Reproduções | Redes sociais

A noite desta sexta-feira, 15 de janeiro, fica marcada pelas imagens que chegaram de Torres Vedras, onde à porta do hospital local cerca de 11 ambulâncias esperavam no exterior com doentes.

PUBLICIDADE

O surto que afeta este e outros hospitais, bem como a grande afluência de doentes às urgências, estiveram na origem das longas esperas a que foram sujeitos os doentes, e as imagens impressionaram os portugueses.

Rita Ferro Rodrigues recorreu hoje às redes sociais para se mostrar impressionada com o que viu, revelando que teve dificuldades em adormecer depois do que viu: “Ontem à noite vi as imagens das ambulâncias a fazer fila à porta do Hospital de Santa Maria e do Hospital de Torres Vedras e tive muita dificuldade em adormecer”, começa por explicar.

A comunicadora revela depois que mantém os seus contactos restritos ao essencial, explicando as suas rotinas no confinamento: “Os meus contactos estão restritos ao absolutamente essencial, não pretendo aproveitar -me das excepções para estar com pessoas, estou confinada com o mesmo compromisso que estive em Março ( levo os miúdos à escola, supermercado e farmácia quando é preciso, passeio a Toby à frente de casa e pouco mais)”.

“Abasteci -me de livros para os fins de semana ( durante a semana é mais complicado ler por causa do teletrabalho ) encomendei online, quando chegarem partilho convosco. Estou a tentar manter -me equilibrada e fazer o que posso para ajudar a aliviar o SNS e para que isto passe depressa e todas as pessoas possam recuperar as suas actividades e trabalho. Estou muito solidária com essas pessoas, também tive ( com os meus sócios ) de encerrar temporariamente os centros @headcleanersportugal, sei bem o aperto que é”, explica ainda.

PUBLICIDADE

No final do texto, Rita Ferro Rodrigues deixa ainda um apelo: “Mas por favor… quem pode, fique em casa. Isto nunca esteve tão mau. Existe a vacina sim mas temos de lhe dar tempo para ser aplicada a toda a população e isso não se faz de um dia para o outro. Temos de ajudar o SNS agora mais do que nunca. Por favor 🤍🙏”, pode ler-se.

Ora veja:

COMENTÁRIOS

TRENDING