Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Revoltado, Cláudio Ramos ‘arrasa’ multidão na Nazaré: “Há gente a morrer, caramba!”

PUBLICIDADE

“A irresponsabilidade é bem maior que as ondas da Nazaré”: Cláudio Ramos criticou quem hoje esteve na Praia do Norte, a ver as ondas gigantes…

Publicado

em

Cláudio Ramos/Instagram

As imagens já estão virais e já foram motivo de várias notícias na imprensa, incluindo abertura de noticiário.

PUBLICIDADE

Esta quinta-feira, 29 de outubro, milhares de pessoas estiveram presente na Nazaré, para assistir às ondas gigantes e aos surfistas que nelas decidiram entrar, com vista a bater recordes.

Nas várias imagens que circularam, muitas pessoas surgem sem máscara e sem cumprir o distanciamento social.

Veja aqui.

Cláudio Ramos ficou revoltado ao ver a multidão que se juntou na Praia do Norte, na Nazaré, e insurgiu-se.

PUBLICIDADE

Na sua conta de Instagram, o apresentador partilhou uma das fotos onde é possível ver as pessoas juntas e começou por escrever:

“Era agarrar um a um metê-los dentro de uma sala e explicar que enquanto eles fazem esta estupidez, há avós que não abraçam os netos. Há pais que estão afastados dos filhos. Há profissionais de saúde esgotados”.

Cláudio Ramos lembrou depois que “há gente sem trabalhar” e “sem ganhar dinheiro” devido à pandemia da Covid-19, mostrando-se perplexo com a falta de responsabilidade de quem marcou presença na praia, no dia de hoje:

PUBLICIDADE

“Era fazer-lhes um desenho onde eles entendam que há gente a morrer, caramba! Mas pensando bem, se eles acham mais importante que tudo isto irem ver ondas gigantes, não sei se entenderiam. Posso ser só eu a pensar assim, mas palpita-me que além de egoístas a imaturidade, a ignorância e a irresponsabilidade destas almas é bem maior que as ondas da Nazaré!”, declarou.

Leia aqui o texto na íntegra:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

… Era agarrar um a um metê-los dentro de uma sala e explicar que enquanto eles fazem esta estupidez, há avós que não abraçam os netos. Há pais que estão afastados dos filhos. Há profissionais de saúde esgotados. Há professores a fazerem de pais e pais a fazerem de professores. Há crianças que não podem ser crianças como eles foram. Temos a nossa terceira idade sem perceber o que se passa em muitos lares à espera de dias melhores e os seus colaboradores a correm riscos todos os dias. Há gente sem trabalhar. Há gente sem ganhar dinheiro. Há uma economia a estagnar e se fosse preciso, era fazer-lhes um desenho onde eles entendam que há gente a morrer, caramba! Mas pensando bem, se eles acham mais importante que tudo isto irem ver ondas gigantes, não sei se entenderiam. Posso ser só eu a pensar assim, mas palpita-me que além de egoístas a imaturidade, a ignorância e a irresponsabilidade destas almas é bem maior que as ondas da Nazaré! . Depois restinguimos a circulação para que as pessoas não possam visitar os seus no cemitério e vamos juntos repensar o Natal. Enfim! Façam tudo para terem uma quinta feira segura. Por vocês e pelos outros, que andamos todos cá para ser felizes! #euclaudio #claudioramos #saudeepazorestoouniversotraz

Uma publicação partilhada por Claudio Ramos (@claudio_ramos) a

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING