Animais

Resgataram “gatinho bebé” que, afinal, era outra coisa bem fofa

Na semana passada, Martine Vos, foi chamada para uma missão de resgate que ela provavelmente não vai esquecer tão cedo.

Martine é voluntária da Cat Shelter Limburg, um grupo de defesa dos animais na Bélgica, especializado em cuidar de felinos sem-abrigo. Então, naturalmente, quando ela recebeu a notícia sobre um animal em necessidade, não hesitou em ajudar.

“Um homem ligou-nos porque encontrou um pequeno gatinho preto, com apenas alguns dias de vida”, disse Vos ao The Dodo. “Ele pediu-nos para ir buscar este bebézinho.”

Mal ela sabia, no entanto, que as coisas não eram exatamente como pareciam.

Uma busca rápida pela zona onde o pequeno animal tinha sido encontrado, não mostrava sinais da sua mãe, ou de possíveis irmãos, e Marine pensou levar o órfão para uma família adotiva, que pudesse cuidar dele.

Foi nessa altura que ela notou que algo estava errado com o suposto gatinho.

“Quando peguei no bebé com minhas mãos, ele parecia muito grande, e parecia totalmente diferente de um gatinho…”, disse Marine.

Depois de uma inspeção mais próxima, revelou-se que o rosto realmente não era parecido com um gatinho.

Marine e um colega visitaram um veterinário, na esperança de confirmar que tipo de animal era este na verdade. Mas o veterinário também ficou perplexo.

“A única coisa de que ela tinha a certeza é que era uma menina”, disse Marine.

Em seguida, decidiu consultar um centro de resgate da vida selvagem nas proximidades, e com isso, o mistério foi resolvido.

“Eles reconheceram-na como uma raposa bebé”, disse Marine.

Acontece que as crias de raposa costumam ter um tom mais escuro no início da vida, e eles têm um aspeto ligeiramente parecido com um gato.

Marine ficou emocionada ao descobrir a verdadeira identidade do bebé resgatado:

“Primeiro, porque sou muito interessada nos animais selvagens nativos”, revelou. “E por causa do meu sobrenome, ‘Vos’, que significa ‘raposa’ em holandês.

“Era um sonho meu encontrar uma raposa na vida real. E segurar este bebé raposa nas minhas mãos, e salvá-lo de uma morte certa foi um sonho que se tornou realidade!”

A raposa está agora com especialistas em vida selvagem, para ser criada até que tenha idade suficiente para regressar à vida selvagem.

COMENTÁRIOS

To Top