Segue-nos

Famosos

Reforma? Manuel Luís Goucha “passa-se” (em direto) com o marido: “Esta conversa já cheira mal…”

Manuel Luís Goucha deu um “murro na mesa” e esclareceu: “Eu reformo-me quando me apetecer…”

Publicado

em

Por

Reforma? Manuel Luís Goucha “passa-se” (em direto) com o marido: “Esta conversa já cheira mal…”
Reproduções | Instagram

Manuel Luís Goucha é uma das maiores “estrelas” da TVI e o seu contrato com a estação chega ao fim em dezembro de 2024.

Recentemente, o apresentador revelou no podcast “A Duas Vozes”, com Carolina Deslandes, que pensa “seriamente” em não renovar o contrato.

No sábado, dia 13 de maio, Manuel Luís Goucha foi confrontado em direto no Instagram pelo marido, Rui Oliveira, e não gostou: “Essa conversa já é tão cansativa, eu reformo-me quando me apetecer, quando eu quiser e mais, não te esqueças que estamos a falar de uma coisa que só vai acontecer daqui a um ano e sete meses, que é o final do contrato. E houve uma notícia que disse que eu vou resolver isso a 32 de dezembro de 2024”.

“É assim, esta conversa já cheira mal, porque eu não disse nada, não falei em reforma. O que eu disse é, quando acabar o meu contrato atual, eu depois…” – continuou.

Rui Oliveira interrompeu: “Isso é se o “norte”, se o “norte” entender que tu tens direito a reforma, porque o “norte” pode não entender” – e o apresentador da TVI esclareceu: “Quem, o Mário Ferreira? Desculpa lá, eu é que decido. Eu sou patrão de mim próprio. Não, não (…) eu cumpro os meus compromissos. Vestir a camisola para mim, isso é tudo uma treta. Portanto cumpro um ano, até ao final do meu contrato e depois vejo o que me apetece fazer e pode muito bem não me apetecer fazer nada”.

O marido de Manuel Luís Goucha quis saber: “Mas espera, se o canal, segundo as audiências que tu tens, precisar ainda de mais um ano tu estás disponível para isso ou não?” – e a resposta foi clara: “Não, não estou disponível para nada porque esta conversa só se vai colocar daqui a um ano e meio. Não ponham a carroça à frente dos bois Rui, isso é ridículo, parem de escrever sobre isso”, atirou Manuel Luís Goucha.

Veja aqui:

COMENTÁRIOS

TRENDING