Segue-nos
PUBLICIDADE

Vida

Rapaz “descobre” fóssil com mais de um milhão de anos, de uma forma curiosa

PUBLICIDADE

Publicado

em

Por

Era apenas mais um dia de diversão para Jude Sparks, de dez anos, e a sua família, em Las Cruces, no Novo México.

PUBLICIDADE

Quando o pequeno rapaz viu aquilo que lhe parecia ser uma mandíbula, trepou o que se escondia na terra até conseguir alcançá-la.

“Tinha uma forma estranha”, explica, em declarações ao The New York Times.

“Tinha a sensação de que não era algo que se encontrasse com facilidade…”

Foi aí que os pais, Michelle e Kyle Sparks, decidiram fazer algo. Tiraram uma fotografia do que tinham encontrado e fizeram uma pequena pesquisa.

PUBLICIDADE

De seguida, enviarem a fotografia para Peter Houde, professor de biologia numa universidade perto, a New Mexico State University.

O professor respondeu de imediato, afirmando que o rapaz tinha feito uma descoberta histórica! Tratava-se do esqueleto de um dinossauro, o Stegomastodon, extinto há um milhão de anos!

PUBLICIDADE

“Estamos muito gratos de nos terem enviado a fotografia, porque, se o tivessem tentado trazer, pelos seus próprios meios, provavelmente teriam-no destruído. É preciso ser alguém que sabe o que está a fazer para tirar o esqueleto dali…”

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING