Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Quem vai vencer o Big Brother 2021? Veja a previsão da nossa equipa

PUBLICIDADE

Conheça a previsão da equipa da Hiper Fm quando ao vencedor e aos restantes classificados do Big Brother 2021…

Publicado

em

Por

Big Brother/Instagram

ARTIGO DE OPINIÃO

PUBLICIDADE

Ao fim de três meses, o grande vencedor ou vencedora do Big Brother 2021 é conhecido esta sexta-feira, dia 31 de dezembro, na noite de passagem de ano de 2021 para 2022. A concorrer para o prémio final estão os cinco finalistas Ana Barbosa, António, Bruno, Fábio e Rui Pinheiro, sendo que apenas um entrará no novo ano com o “bolso cheio” por ter vencido esta edição.

Depois de termos recolhido as previsões dos ex-concorrentes desta edição e também dos ex-concorrentes de outras edições, encerramos este ciclo com a previsão da nossa equipa quanto ao vencedor, mas também no que diz respeito às restantes posições, sendo que iremos revelar a quem pertence cada lugar com a respetiva justificação para a sua escolha.

5º LUGAR – BRUNO

PUBLICIDADE

Bruno começou por ser um dos concorrentes mais odiados na casa, conseguiu dar a volta por cima ao revelar-se uma boa surpresa, mas as últimas semanas trouxeram à tona algumas caraterísticas mais negativas da sua personalidade. Apesar disso, Bruno trouxe para cima da mesa vários temas fraturantes, mostrou-se livre de preconceitos e completamente seguro quanto à sua sexualidade, protagonizou vários momentos divertidos – destacando-se a parelha com o António – e outros passíveis de crítica.

Muitos consideram que chegou à final por sorte, mas sem dúvida que Bruno foi um dos concorrentes que marcou esta edição. Na altura da decisão, Bruno pode surpreender na classificação final, mas ainda assim o facto de nem sempre ter sido adorado ou nem sempre ter sido o melhor jogador e estratega podem ditar que ocupe a 5ª posição.

4º LUGAR – FÁBIO

PUBLICIDADE

Ao contrário de Bruno, Fábio foi um dos concorrentes mais adorados no início do Big Brother. Contudo, essa preferência foi-se desvanecendo com o avançar do jogo, mas nunca em momento algum Fábio abdicou de ser estratega, independentemente de ser bem-sucedido ou não e de ser mais ou menos sorrateiro no seu jogo.

Nem sempre a sua presença foi notada na casa, mas soube pronunciar-se nos momentos certos e a sua influência nunca passou despercebida mesmo não tendo sido um dos concorrentes mais marcantes desta edição. Por estes motivos, o 4º lugar poderá assentar em Fábio sendo certo que poderão sempre existir surpresas e dado que esta é apenas uma previsão e que a votação real só será conhecida esta noite.

3º LUGAR – RUI PINHEIRO

PUBLICIDADE

Ainda que não tenha sido o melhor jogador desta edição, Rui Pinheiro destacou-se pela educação e valores no tratamento com os colegas que pautaram a sua conduta ao longo dos três meses de programa. Nunca se envolveu em conflitos, conquistou desde cedo a popularidade dentro e fora da casa e, para todos os efeitos, o marco de ter sido salvo com apenas 1% da votação já ninguém lhe tira.

Todas estas caraterísticas, a par da amizade especial com Débora, fazem com que Rui Pinheiro possa surpreender na classificação final, não sendo de todo descabido que possa mesmo sagrar-se vencedor ou até ficar em 2º lugar. Ainda assim, privilegiámos nos dois primeiros lugares aqueles que desde cedo souberam entreter a casa e o público e, nessa perspetiva, acabam por ser os dois melhores jogadores de entre os cinco finalistas do Big Brother 2021.

2º LUGAR – ANTÓNIO

PUBLICIDADE

António foi o concorrente mais completo desta edição, soube desde cedo como entreter, ser carismático e também conquistar a preferência dos portugueses dado que se preparou bastante bem para cumprir o sonho de entrar no Big Brother e de viver a experiência do primeiro ao último segundo.

Para ser eficaz nessa missão falta mesmo conquistar o prémio final e, a este nível, algumas das suas atitudes especialmente no último mês – seja no tratamento com Débora e em mais situações – podem colocá-lo fora da corrida ao 1º lugar, dado que a partir do momento em que revelou outro lado da sua personalidade passou a estar mais sujeito à crítica. Ainda assim, não deixa de ser um forte candidato à vitória numa final que, acima de tudo, não deixa de ser imprevisível.

1º LUGAR – ANA BARBOSA

A escolha de Ana Barbosa para vencer o Big Brother 2021 foi unânime entre a nossa equipa e justifica-se por ter sido uma das concorrentes que mais soube entreter e, acima de tudo, gerir as várias fases do jogo: começou por ser a concorrente que os portugueses queriam logo expulsar, evoluiu no sentido de fazer com que a opinião sobre ela mudasse e termina como a concorrente mais popular entre os cinco finalistas.

Intensa e emotiva desde o início ao fim, nem sempre esteve bem, mas soube gerir isso a seu favor. Além de que nunca passou despercebida ao ponto de podermos dizer que foi a alma e o coração deste Big Brother e que, por todos estes motivos, também é uma forte candidata a vencer. Numa última nota, Ana Barbosa ficará certamente como uma das concorrentes mais marcantes desta edição e, arriscamo-nos a dizer, dos últimos reality shows em Portugal. Pelo menos, a expressão “já berraste” há-de ficar.

COMENTÁRIOS

TRENDING

PUBLICIDADE