Segue-nos
PUBLICIDADE

País

Professora de 40 anos morre de COVID-19 após primeiro teste negativo

PUBLICIDADE

Áurea Silva era professora em Matosinhos e sofria de doença auto-imune. Ela e o marido testaram negativo à primeira tentativa…

Publicado

em

Por

Reproduções | Redes sociais

Uma professora de 40 anos idade que dava aulas de matemática e ciências no Agrupamento de Escolas Fernando Pinto de Oliveira, em Matosinhos, é uma das vítimas no novo coronavirus em Portugal.

PUBLICIDADE

Áurea Silva só foi diagnosticada com a doença após um segundo teste ter dado positivo, revela hoje o Correio da Manhã. De acordo com o jornal, o drama iniciou-se no dia 11 de março.

A professora, que era portadora de uma doença auto-imune relacionada com a falta de produção de leucócitos, sofreu um problema respiratório e foi internada. Como conta o jornal, aparentemente tratava-se de um início de pneumonia. Teve alta no dia 17 de março, mas só no dia 21 é que fez o teste com o marido, que sofria também ele com sintomas associados ao COVID-19.

Em ambos os casos, o teste deu negativo. A professora pediu depois ajuda numa página no Facebook, já que não terá conseguido contactar a linha Saúde 24.

No dia 25 de Março, perante a permanência dos sintomas, o casal fez novo teste, que deu positivo. Áurea morreu no inicio deste mês de abril. O marido, que é hipertenso, já estará melhor, segundo adianta a mesma publicação.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING