Mundo

Ela é a primeira mulher em cadeira de rodas a concorrer a Miss Mundo

Ontem, domingo, 19 de Fevereiro, Justine Clarke tornou-se a primeira mulher numa cadeira de rodas a competir no concurso Miss Mundo. Aconteceu na Austrália.

A modelo de 26 anos, que competiu na final do estado de Adelaide, sofre de uma deformidade nas pernas, e queria participar na competição devido ao movimento “Beleza com um Propósito”, do qual faz parte – uma missão para melhorar “a vida dos mais vulneráveis”.

Além disso, a modelo também está a esmagar estereótipos, e está numa missão para fazer da passerele um lugar de aceitação para todas as mulheres.

“Quero que a passarele seja um lugar justo, e inclusivo para todos”, disse Justine.

“Uma cadeira de rodas não me define ou limita. Ainda posso ser forte, feminina e linda.”

Justine Clarke está numa cadeira de rodas há dois anos, mas nunca falou sobre o motivo que a atirou para essa circunstância.

Apesar de não chegar à próxima fase da competição, foi a alta percentagem de crianças desfavorecidas no sul da Austrália em cadeiras de rodas, que realmente despertou o interesse dela no concurso.

A jovem tem planos para continuar a trabalhar em caridade com crianças, e espalhar esta mensagem de inclusão.

COMENTÁRIOS

To Top