Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Pedro Crispim e as críticas ao Big Brother: “Quando não existe conteúdo, eu vou sempre criar…”

PUBLICIDADE

Num Big Brother em que a falta de conteúdo tem sido uma das críticas, Pedro Crispim garantiu que tenta sempre se divertir e gerar conteúdo se for necessário…

Publicado

em

Por

Big Brother/TVI

Esta terça-feira, dia 13 de outubro, Pedro Crispim recorreu ao Twitter para partilhar um desabafo relacionado com o Big Brother – A Revolução, em que a falta de conteúdo tem sido uma das críticas que mais tem sido apontada pelos seguidores.

PUBLICIDADE

Fazer televisão na base do entretenimento tendo um reality como motor, não é para mim, o mesmo que discutir o orçamento de estado ou a vacina para combater determinada doença, logo, quando não existe conteúdo, ou o mesmo não tem um volume considerável, eu vou sempre criar. Quando o mar está flat, dou-lhe uma ondulação se assim considerar necessário“, começa por dizer.

O stylist defendeu ainda o seu estilo de comentário e garantiu que vai sempre procurar divertir-se em televisão, à semelhança dos muitos episódios engraçados que tem protagonizado com Fanny.

Cada comentador terá o seu perfil, o seu ADN, e o seu estilo, só faz sentido quando um leque de comentadores é eclético, dando uma dinâmica variada e mais rica. Valha-nos a boa disposição, criatividade e principalmente o facto de não nos levarmos demasiado a sério. Divirtam-se, esse é a meu ver, o objetivo principal de um reality show, assim como de todos os projetos ligados a esta plataforma. Para mim, isto é fazer televisão, e isso é o mais importante neste contexto“, concluiu.

Veja a publicação aqui.

PUBLICIDADE

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING