Segue-nos
PUBLICIDADE

Familia

Pais e médico incrédulos quando a mãe deu à luz um bebé branco, e com o cabelo loiro

PUBLICIDADE

Publicado

em

Por

Francis e Arlette Tshibangu ficaram surpresos quando viram o seu bebé pela primeira vez. Ambos afro-descendentes, ficaram, naturalmente, confusos, com a cor da pele e do cabelo do seu bebé.

PUBLICIDADE

“O meu primeiro pensamento foi: ‘Wow, será que é mesmo meu?’”, confessou Francis ao Daily Mail. Fiquei demasiado incrédulo e reparei que os médicos estavam a olhar para mim, e a sussurrarem uns com os outros, pensando que talvez o bebé não fosse meu…”

Francis tinha confiança na mulher, e sabia que não lhe tinha sido infiel, mas a complexidade da cor da pele e do cabelo do seu filho falava mais alto, como conta o site Liftable.

“Depois, a Arlette e eu olhámos um para o outo, sorrimos e ambos soubemos logo que era nosso filho, claro…”

Convencido o pai, restavam os médicos e as enfermeiras. Mas Francis não os podia culpar. Afinal, o seu próprio rosto deverá ter espelhado igual espanto quando viu o pequeno Daniel pela primeira vez.

PUBLICIDADE

“Quando me debrucei sobre ele e o vi bem, pela primeira vez, percebi que ele se parece muito comigo e com a Arlette. Ele tem o meu nariz e os lábios da minha mulher”, referiu Francis.

Depois de falarem com os médicos, pai e mãe continuaram desconcertados quanto à aparência do pequeno Daniel. O bebe não é albino, mas os médicos não consegue explicar o que terá acontecido.

PUBLICIDADE

A mãe acredita que o sucedido estará relacionado com um antepassado seu, cuja pele era demasiado clara. “É uma história que temos na nossa família, que aconteceu há seis gerações atrás, mas nem sabemos se é verdade…”, ressalva.

Contudo e apesar da cor da pele do pequeno Daniel, o casal sente-se abençoado: “O que podemos dizer é que o Daniel é o nosso milagre. Apesar de estarmos chocados com a cor da sua pele, sentimo-nos abençoados. Ele é lindo”, diz Francis.

“A reação na sala de parto foi de um silêncio absoluto, eu incluído. Olhei para o meu filho com os olhos bem abertos!”, explica ao Daily Mail, acrescentando: “As caras na equipa de enfermeiras e médicos dizia tudo. Todos se questionavam porque eu tive um bebe branco…”, continua Francis.

Assim que a mão pegou no filho ao colo, a ligação foi imediata, como explica: “Quando o peguei ao colo pela primeira vez, a única coisa que senti foi amor. Como qualquer mãe que dá à luz, a minha única preocupação era saber se ele era saudável. E é!”

PUBLICIDADE

Fracis defendeu a mulher, afirmando que sabe que existirá sempre algum ceticismo em relação à parentalidade do bebé. Mas Francis sabe que o bebe é seu, e essa certeza ninguém nunca a perderá.

“Sei que existirão pessoas que dirão que a minha mulher teve um caso com outro homem, mas eu confio nela profundamente e tenho plena certeza de que isso não é verdade. E, mesmo que assim fosse, o resultado seria um bebe com cor mais ‘achocolatada’ e não totalmente claro, como o Daniel”, refere Francis.

Alguns meses mais tarde, Francis começou a reparar que as pessoas pararam para olhar para um casal africano com um bebé branco e loiro. Ele afirma, contudo, que as opiniões dos outros à sua família pouco importam.

“Para nós, a cor da pele de Daniel não é importante. Para nós, o mais importante é que o Daniel é um bebe saudável e cheio de amor”, finaliza.

PUBLICIDADE

Partilha esta interessante história com os teus amigos…

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING