Segue-nos
PUBLICIDADE

Notícias

Pai obrigado a invadir creche para ir buscar bebé de 7 meses, deixado sozinho na escola

PUBLICIDADE

Publicado

em

Um pai foi obrigado a invadir a creche onde o seu filho estava, de apenas 7 meses, em São Paulo, Brasil, durante um temporal que atingiu a cidade. O bebé foi deixado sozinho nas instalações pelos responsáveis da creche.

PUBLICIDADE

A mãe do menino, Caroline Figueiredo Costa, contou à Globo que ligou para a creche a avisar que o marido iria chegar atrasado.

Quando Wellington Almeida foi buscar o menino, estranhou que ninguém atendeu à porta, e foi para casa da sogra, que mora perto da creche.

“Ele veio até à casa da minha mãe para ver se alguém tinha ido buscar a criança. Foi de novo para a escola e começou a bater no portão. Foi quando a vizinha ouviu o choro do bebé”, revelou Caroline.

PUBLICIDADE

Wellington Almeida subiu até à casa da vizinha, abriu uma janela, e resgatou o filho, que estava no berço. O menino, que se chama Lorenzo, estava muito assustado e quase não dormiu nessa noite.

“Inacreditável. Não imaginamos que uma criança de 7 meses possa ser deixada sozinha. A diretora ainda disse agora à tarde que ela teve que ir embora porque estava com dor de dente, e foi aodentista”, disse Larissa Figueiredo, tia de Lorenzo.

A diretora regional de ensino da prefeitura, da qual a creche faz parte, fala em “erro inaceitável” e quer o afastamento de três pessoas: “a diretora da escola, porque tem a responsabilidade pela administração, a coordenadora pedagógica, e a professora responsável pela turma em que estava integrada a criança”.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING