Segue-nos

Familia

Pai levou filhas ao restaurante para comemorar, mas não comeu por falta de dinheiro

Publicado

em

Pai levou filhas ao restaurante para comemorar, mas não comeu por falta de dinheiro

Este homem chama-se Ryan Arebuabo, tem 38 anos, vive em Manila, nas Filipinas, e era um desconhecido até à semana passada, quando uma foto dele viralizou nas redes sociais.

Na fotografia podemos ver Ryan sentado na mesa de um restaurante de fast-food com as suas duas filhas, que estão a comer. Ele não come, apenas observa.

O portal de notícias filipino ABS-CBN News revelou a história por detrás da fotografia. Ryan levou as filhas ao restaurante naquela tarde para comemorar a o final da etada do jardim de infância de Rose May, a menina de seis anos. No entanto, como ele não tinha dinheiro para pagar a comida dele, satisfez “a fome” apenas observando as filhas.

Segundo a reportagem, Ryan teve uma paralisia parcial, e não consegue falar de forma normal depois de sofrer um derrame há quatro anos. Com isso, ele ficou sem trabalhar, e as coisas ficaram ainda mais complicadas quando a mulher resolveu deixá-lo.

PUBLICIDADE

Numa tentativa de tentar reconquistar a esposa, Ryan reformou a casa, e comprou uma televisão usada – mas os esforços foram em vão. Ainda assim, ele quis ficar com a guarda das filhas, o que conseguiu.

Agora, o sustento da família vem do dinheiro ganho com o seu sari-sari, um tipo de comércio local parecido com uma loja de conveniência. Além disso, Ryan recebe uma ajuda de 62 dólares de um programa social do governo das Filipinas.

Arebuabo descobriu o que é um altruísmo de um pai, quando ele mesmo era criança. Ele contou à ABS-CBN que cresceu numa família com um pai solteiro, que cuidou de quatro filhos depois de a mãe ter morrido num acidente de trabalho.

PUBLICIDADE

Hoje, o pai de Ryan continua a ajudar o filho ao lavar as roupas dele, e das meninas, e ainda com algumas despesas.

Apesar das dificuldades, Arebuabo disse aos jornais locais que quer mostrar que consegue ser um bom pai, e que o seu trabalho é ter a “certeza que estas crianças podem, um dia, conquistar os sonhos delas, e deixar as favelas”.

Apaixonado por rádio, notícias e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web...

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COMENTÁRIOS

TRENDING

v