Segue-nos
PUBLICIDADE

Familia

Pai filma polícia a confiscar flores que as filhas apanharam para oferecer à avó

PUBLICIDADE

Publicado

em

Este pai diz que o «Dia da Mãe» ficou arruinado depois de uma polícia ter confiscado as flores que as suas duas filhas haviam apanhado para oferecer à sua avó.

PUBLICIDADE

David Taylor levou as filhas, Rosemary de 10 anos e Emily de 5, a visitar a avó na sua casa em Mansfield, quando as raparigas viram flores, mais propriamente narcisos.

Por sua vez as crianças perguntaram ao pai se podiam apanhar algumas para dar à avó, e à sua mãe, ao qual David respondeu afirmativamente, apenas dizendo para não apanharem muitas.

Mas quando o trio estava de regresso ao carro, foram informados por uma agente, que já estava no local, que tinham cometido um crime, e esta acabou mesmo por confiscar as flores que as crianças tinham acabado de apanhar de um terreno camarário.

David de Forest Fields, Nottinghamshire, disse ao Daily Mail: “Nós íamos a caminho da casa da minha mãe, e as meninas perguntaram se podiam apanhar algumas flores para a avó e para a mãe. Nós voltamos para o carro e já lá estava a agente que nos disse “ que não deveríamos ter feito aquilo”. Eu disse que entendia, mas que havia centenas de flores na berma da estrada.» David decidiu então gravar o incidente, que fez as suas filhas sentirem-se criminosas.

PUBLICIDADE

Ao minuto 1.49, pode-se ouvir David dizer: “Nós estávamos a apanhar flores para o Dia da Mãe, não estamos a incomodar ninguém, é um local público, mas a agente resolveu tirar as flores às minhas filhas.»

Quando a agente diz que David cometeu um crime, ele responde: “Cometi mesmo? Apanhar flores num local público? Elas não estão em perigo, elas não são raras. Acho que a senhora é desprezível, tirar flores de crianças enquanto elas as apanham. Você não tem nada melhor para fazer, ao invés de estar a importunar crianças? A única pessoa que está a chatear as minhas filhas é esta agente. Eu pago os meus impostos, e o ordenado dela.»

PUBLICIDADE

David acrescentou ainda: “Ela explicou que era ilegal e tirou as flores das minhas filhas, o que as deixou perturbadas e foi por isso que comecei a filmar. Eu respeito a polícia e a lei, mas acho que poderia ter sido tratado de uma melhor forma, com mais senso comum. Realmente fiquei chocado com esta atitude. Arruinou o Dia da Mãe, para as crianças, porque elas estavam desejosas de levar as flores para a mãe, quando eu as deixasse em casa.»

David, que não vive com a mãe das duas filhas, diz, que preferia ter pago uma multa para que as suas filhas ficassem com as flores. Ele acrescenta: “Ela deu-me um recado, o que eu percebo, mas as flores já tinham sido apanhadas, portanto não entendo o porque de ela as ter tirado das meninas.

As meninas foram tratadas como criminosas, só por fazerem algo que toda a gente faz. Eu sempre ensinei as minhas filhas a respeitar a lei e agora por causa de apanharmos flores tenho que explicar às minhas filhas o que elas fizeram de errado.»

A Policia de Nottinghamshire confirmou entretanto que a Agente de fato confiscou as flores e levou-as para uma casa de cuidados.

O Porta – Voz disse: “Um Agente viu uma família a apanhar flores de um terreno camarário perto de Berryhill Park, Mansfield. O Agente deixou alguns conselhos à família no que diz respeito a apanhar flores, e o assunto não passou daí. Cerca de 27 flores foram levadas para uma casa de cuidados, que fica nas redondezas, para que as mesmas não fossem desperdiçadas.»

PUBLICIDADE

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING