Segue-nos

Famosos

Oops! Maria Vieira “arrasa” Manuel Luís Goucha (e não só): “Promove até à exaustão a homossexualidade…”

Maria Vieira não foi branda nas palavras dirigidas a Manuel Luís Goucha e Catarina Furtado…

Publicado

em

Por

Oops! Maria Vieira “arrasa” Manuel Luís Goucha (e não só): “Promove até à exaustão a homossexualidade…”
Reproduções | Instagram

Na passada terça-feira, dia 25 de abril, alguns deputados do partido Chega fizeram um “protesto” em plena Assembleia da República, contra a democracia e o presidente do Brasil, Lula da Silva.

Face ao acontecimento, Catarina Furtado insurgiu-se, tal como Manuel Luís Goucha que comentou nas redes sociais: “Uma atitude tão só arruaceira”.

Maria Vieira não perdoou e recorreu ao seu perfil no Facebook para “destratar” os dois profissionais: “Quanto à Furtado não há muito a acrescentar, ela está desesperada com o crescimento do CHEGA e está aflita com a possibilidade de vir a perder a vida boa que tem há anos, à custa do erário público, a fazer de conta que é muito boazinha e muito fofinha e a ler de forma medíocre os telepontos que lhe colocam à frente da vista”.

“Já em relação ao Goucha, que apresenta aqueles programas deprimentes para desocupados e aposentados menos exigentes ou então aqueles “reality-shows” onde um grupo de gente boçal, encerrado numa casa qualquer, se ofende e se digladia entre si, eu diria que a dignidade que ele diz exigir aos deputados do CHEGA lhe escapa a ele frequentemente”.

Sobre Manuel Luís Goucha, Maria Vieira disse ainda: “Sobretudo quando ele promove até à exaustão a homossexualidade e a transsexualidade, na tentativa de enfiar esse modo de vida pela goela abaixo dos outros, sobretudo das crianças que inadvertidamente o possam escutar e cujo crescimento não deve ser formatado ou influenciado nem por ele, nem por ninguém que passa o tempo a dizer coisas muito «alegres» e muito «politicamente-correctas» na porcaria da televisão!”.

No fim, a atriz deixou um recado: “A ambos os «artistas» da TV eu aconselharia mais tolerância democrática e mais respeito em relação a todos aqueles que pensam diferente deles, até porque o crescimento desses está a aumentar e a acentuar-se a cada dia que passa e tarda nada o Goucha e a Furtado vão ter que conviver com um governo que no mínimo será constituído por vários ministros do CHEGA o que certamente lhes deixará uma margem cada vez mais curta para continuarem a viver o socialismo alegadamente democrático que tanto gostam de promover, preservar e proteger”.

Veja aqui o texto na íntegra:

COMENTÁRIOS

TRENDING