Segue-nos

Big Brother

Nuno Homem de Sá revela detalhes sobre confusão com Bruno de Carvalho: “Podia ter sido expulso”

PUBLICIDADE

À conversa com os jornalistas, Nuno Homem de Sá explicou o envolvimento de Mário Jardel e revelou detalhes sobre a confusão com Bruno de Carvalho…

Publicado

em

Big Brother/Instagram

O conflito entre Bruno de Carvalho e Nuno Homem de Sá é o assunto do momento e que mais tem dado que falar nas últimas horas no seio do Big Brother Famosos. Após a expulsão do ator, Bruno de Carvalho referiu que terá sido alegadamente ameaçado e que foi uma situação “muito grave“.

PUBLICIDADE

Neste seguimento, Nuno Homem de Sá esteve à conversa com a imprensa nesta segunda-feira, dia 24 de janeiro, e apresentou a sua versão dos factos como direito de resposta perante as acusações de que foi alvo.

Neste sentido, o ator adianta que o alegado “empurrão” que não considerou como agressão podia ditar a expulsão de Bruno de Carvalho: “Podia ter sido expulso se eu fizesse uma grande barulheira sobre o facto de ele me ter posto as mãos em cima. Eu já estive envolvido em muitas situações de luta física, aquilo para mim não foi absolutamente nada. Por isso é que não fiz questão de…“.

À conversa com os jornalistas, Nuno Homem de Sá revelou detalhes que ajudam a compreender o que se terá passado cerca de 1 hora e 30 minutos antes da gala de ontem ter início: “Estava sentado no confessionário, ele levantou-se e pôs-se à minha frente a encher o peito […] Se essas imagens não vieram à baila, é porque alguém não quis que elas viessem. Mas possivelmente ainda virão“, afirma.

Eu vou trabalhar na verdade, na dignidade e não admito que venham para cima de mim com jogo de treta, de mentira, de artimanha. E se alguém vinha com esse pensamento, eu ia desmascarar. É pena não ter ficado esta quarta semana porque o Bruno era definitivamente quem eu queria por dali para fora na semana seguinte“, confessa também.

PUBLICIDADE

O envolvimento de Mário Jardel

A polémica entre Bruno de Carvalho e Nuno Homem de Sá acabou também por envolver Mário Jardel que, segundo o empresário, “não foi homem para assumir” as suas próprias ações e, por isso, levou com uma das suas nomeações.

Questionado pela Hiper Fm, Nuno Homem de Sá detalhou o envolvimento do ex-jogador de futebol: “O Mário era um dos meus pilares ali dentro, ele e a Marta. O Mário percebeu, desde muito cedo, a postura manipuladora do Bruno, aliás foi o Mário que me alertou primeiro para isso, eu comecei a olhar melhor e, realmente, comecei a ver também. Acontece que a atividade que levou a este desentendimento implicava uma brincadeira que o senhor Bruno de Carvalho teria inventado para fazer com o Jardel mas, de facto, a intenção era atingir-me e foi nesta sequência que a coisa se passou“, revelou.

O Jardel foi chamado ao confessionário para explicar que tinha sido uma brincadeira entre eles os dois, só que eu perguntei-lhe ‘a ideia da brincadeira partiu de quem?’. Isso era fulcral para esclarecer a minha situação e ele disse ‘do senhor Bruno de Carvalho’. E eu ‘ok, mais não digo, está tudo esclarecido’. E assim foi! O Bruno achou que foi traído por ele, pois não sei, o Bruno se calhar podia até ser mais amigo do Jardel em vez de tentar diminuí-lo e passar-lhe atestados de estupidez. Mas ele já vai tarde, agora tem ali um bom adversário como a Marta e o Kasha, que também já começaram a ver as coisas“, contou.

Licenciado em Comunicação e Media e Mestre em Jornalismo e Comunicação, escrevo sobre televisão, reality shows, famosos e entretenimento...

COMENTÁRIOS

TRENDING

v