Segue-nos

Música

Nicki Minaj processada por ter usado musica de Tracy Chapman sem autorização

Minaj usou um dos seus grande hits e que marcou a musica nos anos 80 “Baby Can I Hold You’, sem sua autorização.

Publicado

em

Nicki Minaj / instgram

Mais uma polémica em que Nicki Minaj está envolvida. Depois de ter sido atacada, literalmente, por Cardi B que lhe mandou com um sapato acima num evento de moda em Nova Iorque promovido pela Harper’s BAZAAR, Nicki Minaj está novamente envolvida em mais uma polémica.

A rapper, que lançou recentemente o seu novo álbum “Queen”, está a ser acusada e processada pela cantora Tracy Chapman por violação de direitos de autor.

De acordo com a imprensa internacional, que cita os documentos apresentados em tribunal por Chapman, Minaj usou um dos seus grande hits e que marcou a musica nos anos 80 “Baby Can I Hold You’, sem sua autorização.

A mesma sonoridade e a letra da musica de “Baby Can I Hold You” foi usada por Nicki Minaj na musica “Sorry” que, apesar de não ter sido incluída no novo álbum, tem  tocado em algumas rádios americanas, consta, após a rapper ter entregue o single a um locutor de uma rádio de Nova Iorque e que de imediato a tocou, e fez algumas partilhas nas redes sociais.

Segundo as notícias que têm sido divulgadas, nos documentos apresentados em tribunal por Tracy,  Minaj terá solicitado em Junho deste ano a sua permissão para usar vários samples da música, mas foram sempre negados. No entanto o pedido foi feito após o uso dos mesmos na música de Nicki.

Tracy Chapman pretende agora uma compensação financeira.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Música

Os vencedores do Brit Awards e a homenagem a Pink

Publicado

em

Brit Awards / twitter

Aconteceu esta quarta-feira em Londres a entrega dos prémios de musica Britânicos, os  Brit Awards.

A noite foi grande e de muita musica, claro está, com performances de Little Mix, Calvin Harris, Pink, que foi a grande homenageada da noite tendo recebido o prémio de Contribuição Notável para a Música.

A banda “The 1975”, que se sagraram como os grandes vencedores, ao levarem para casa os prémios mais cobiçados da noite, Melhor Banda Britânica e Álbum Britânico do Ano, também subiram ao palco para uma performance notável, mas foi o seu discurso de agradecimento que marcou a noite, com criticas à industria da musica.

Pink é outra das artistas que marcou a noite com a sua actuação, que contou com um medley dos últimos sucessos da cantora, Just Give Me a Reason’, ‘Try’ e ‘What About Us’ que contou com a participação de Dan Smith, vocalista dos Bastille.

Calvin Harris, subiu ao palco para receber dois prémios, Single Britânico do Ano e Melhor Produtor, mas também para actuar e levou consigo nomes como Sam Smith, Dual Lipa e Rag’n’Bone Man.

Confere a lista dos vencedores da noite.

Melhor Artista Solo Masculino
George Ezra

Melhor Artista Solo Feminina
Jorja Smith

Single Britânico do Ano
Calvin Harris & Dua Lipa – ‘One Kiss’

Melhor Banda Britânica
The 1975

Melhor Artista Novo Britânico
Tom Walker

Vídeo Britânico do Ano
Little Mix feat. Nicki Minaj – ‘Woman Like Me’

Melhor Artista Solo Masculino (Internacional)
Drake

Melhor Banda (Internacional)
The Carters

Melhor Artista Solo Feminina
Ariana Grande

Álbum Britânico do Ano
The 1975 – “A Brief Inquiry Into Online Relationships”

Contribuição Notável para a Música
Pink

Melhor Produtor Britânico
Calvin Harris

Sucesso Global
Ed Sheeran

Escolha dos Críticos
Sam Fender

Continuar a ler

TRENDING