Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Na reta final do “Big Brother”, Pedro Crispim faz reflexão: “Uma viagem nem sempre fácil…”

PUBLICIDADE

Pedro Crispim revelou imagens do primeiro dia como comentador, recordou o seu percurso ao longo deste ano e agradeceu ao público…

Publicado

em

Pedro Crispim/Instagram

O programa “Big Brother-Duplo Impacto” está na reta final. No próximo sábado, dia 27 de março, irá para o ar a grande final, que ditará o vencedor, entre os finalistas Noélia, Sofia, Joana e Bruno Savate.

PUBLICIDADE

Assim, e em jeito de balanço, Pedro Crispim, um dos comentadores do programa, que deu também a sua opinião nos anteriores formatos “Big Brother 2020” e “Big Brother-Revolução”, decidiu deixar um texto de agradecimento.

Começou por recordar o primeiro “Extra” em que participou, em abril de 2020:

“Foi neste estúdio, aquando a emissão especial Pós Gala, num Domingo, que demos início ao Extra do #bb2020. Comprometi-me, e não olhei mais para trás, já lá vai quase um ano. Fui, numa viagem nem sempre fácil, nem sempre pacífica, mas sem dúvida memorável”, admitiu.

Na legenda das fotos que publicou, onde surge ao lado da então apresentadora Maria Botelho Moniz e da comentadora Marta Cardoso, Pedro Crispim continuou:

PUBLICIDADE

“Neste estúdio nasceu a bobage, o social básico e a cutucada…e foi o mesmo estúdio a servir de palco a confrontos intensos, algumas lagrimas, mas acima de tudo a momentos bem dispostos”, lembrou, destacando algumas das suas “expressões” caricatas.

O também stylist falou depois da sua evolução enquanto pessoa e profissional e agradeceu a todos os que fizeram com que esta acontecesse:

“Agradeço o privilégio de ter trabalhado com todos os incríveis profissionais, e foram muitos, aos concorrentes, pois são a peça chave desta estrutura, a todos os comentadores”, afirmou.

PUBLICIDADE

Destacou, no final, que o seu “agradecimento mais especial” é destinado ao público, que lhe foi enviando sempre o seu feedback positivo:

“Foram sempre as pessoas o porto de chegada do meu trabalho. E essa consciência foi crescendo. Quando me sentava naquele sofá, o Pedro cansado e preocupado(…) o Pedro mais reservado, ficavam fora do estúdio, e nascia o Rei da Bobage. (…) Pensei sempre, que se conseguisse colocar um sorriso numa só pessoa, já valia a pena, e foram muitas as que sorriram comigo, connosco. Gratidão, sempre! 👑 “, lê-se.

Leia aqui o texto na íntegra:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Pedro Crispim (@pedro.crispim)

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING