Segue-nos

Actualidade

Motorista do autocarro continua internado por trauma psicológico

Publicado

em

O condutor do autocarro que ontem capotou perto de Nisa, continua internado devido ao trauma psicológico provocado pelo acidente que fez uma vítima mortal.

Os 15 feridos do acidente já tiveram alta. O condutor do autocarro da viagem de finalistas, continua internado devido ao trauma psicológico mas deverá ter alta ainda esta segunda-feira, adianta a SIC.

A Diretora Clínica do Hospital revelou também à SIC que a vítima mortal tinha 18 anos, e que os pais estão a ter acompanhamento psicológico e psquiátrico na unidade hospitalar.

A vítima mortal, João Nuno Fiadeiro, viajou com a irmã gémea, e passaram a semana em Punta Umbría, Espanha, com mais 45 colegas de escolas da Covilhã, e de Belmonte, como conta o Correio da Manhã.

Este domingo regressavam a casa de autocarro. A chuva pode ter estado na origem do acidente.

Além da vítima mortal e dos quatro feridos graves, 29 ocupantes do autocarro sofreram ferimentos ligeiros e os restantes 15 foram transportados para Nisa, para serem acolhidos pelo Serviço Municipal de Proteção Civil.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou “profundamente o acidente de autocarro com jovens estudantes ocorrido perto de Nisa”, dizendo-se “desolado”.

Em mensagem publicada na página da internet da Presidência, o chefe de Estado, que se encontra em França, enviou “as mais sinceras condolências à família enlutada e aos amigos do jovem tão tragicamente desaparecido”, desejando “rápida recuperação a todos os feridos”.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

TRENDING