Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

Morreu o palhaço de Aleppo, que fazia sorrir as crianças em tempo de guerra

PUBLICIDADE

Publicado

em

Chamava-se Anas al-Basha, tinha apenas 24 anos, e nos últimos meses dedicou o seu tempo a fazer sorrir as crianças de Aleppo, apanhadas no meio da guerra, e dos bombardeamentos.

PUBLICIDADE

O jovem voluntário do grupo Space of Hope terá sido morto terça-feira, noticiou a agência Associated Press.

“Ele vivia para fazer a crianças rir e felizes no sítio mais negro e mais perigoso”, escreveu Mahmoud al-Basha no Facebook, identificando-se como irmão de Anas.

“Decidiu ficar para continuar o seu trabalho como voluntário, para ajudar os civis e dar presentes às crianças na rua para lhes dar esperança.”

 

Apesar das difíceis condições, este sírio continuou na cidade até ao fim, levando prendas e tentando animar crianças que estão a crescer numa cidade devastada.

PUBLICIDADE

O chefe do jovem disse à Associated Press que vai recordá-lo como um amigo que adorava trabalhar com crianças. “Estamos todos exaustos, e temos de encontrar força para dar apoio psicológico e continuar o nosso trabalho”, disse Samar Hijazi.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING