Segue-nos

Famosos

Moisés Figueira fala sobre Sara Sistelo e confessa: “Não é o suficiente para a gente se atirar numa relação…”

“Eu só tenho uma relação se eu gostar”, garantiu o ex-concorrente de “O Triângulo”.

Publicado

em

Por

Moisés Figueira fala sobre Sara Sistelo e confessa: “Não é o suficiente para a gente se atirar numa relação…”
Reprodução Redes sociais

Nesta sexta-feira, dia 2 de junho, Moisés Figueira foi um dos convidados de Manuel Luís Goucha no programa das tardes da TVI, depois de ter conquistado o 5º lugar no reality show “O Triângulo”.

Enquanto falava sobre a experiência no reality show, Moisés Figueira acabou por comentar a sua ligação com Sara Sistelo e confessou: “Vai ser uma amizade especial durante muito tempo e, se aparecer alguém na minha vida que eu me apaixone, passará a ser só uma amizade especial, com uma história muito especial… ou, então, na vida dela, porque ela também se pode apaixonar”, afirmou.

O apresentador questionou o convidado se o facto de dizer que é uma pessoa leal é compatível com o ser “mulherengo”, ao passo que Moisés Figueira explicou: “Eu sei da minha história e, por acaso, houve uma amiga minha que me disse assim ‘Eu sei como ele é, porque, quando ele estava com a mãe do filho, ele nem sequer um café foi tomar comigo’. E eu tive outra relação e eu sei como é que eu era”.

O ex-concorrente de “O Triângulo” ainda frisou: “Eu fecho-me muito. As tentações que eu tenho, meto-as de lado. Eu só tenho uma relação se eu gostar”.

No seguimento deste assunto, Moisés Figueira confessou que a relação com Sara Sistelo será apenas de amizade: “Eu gosto da Sara, e eu já lhe disse, mas não é o suficiente para a gente se atirar numa relação, para eu sofrer de alguma maneira, para tu sofreres de alguma maneira. E, ainda para mais, há aqui uma distância gigante. Há relações que funcionam, mas, pela pessoa que eu sou, não vai dar”, afirmou.

Sara Sistelo deixou uma questão ao colega que foi lida por Manuel Luís Goucha:  “Até que ponto é que você usou o vosso envolvimento como jogo?”. Sem rodeios, o convidado negou a pergunta: “Não usei em ponto nenhum”, garantiu.

Veja aqui a entrevista.

TRENDING