Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

Menino abandonado para morrer á fome há um ano, teve o seu primeiro dia de escola

Publicado

em

Menino abandonado para morrer á fome há um ano, teve o seu primeiro dia de escola

Há um ano, a história deste menino emocionou o mundo. Tal como aconteceu com milhares de outras crianças, ele foi abandonado nas ruas da Nigéria, onde muitas pessoas, incluindo os próprios pais, acusam crianças de serem “bruxas”.

Anja Loven, uma enfermeira dinamarquesa, criadora da Fundação para o Desenvolvimento e Educação de Crianças Africanas com Sida, encontrou Hope (esperança em português) a deambular pelas ruas, subnutrido e doente com uma invasão de parasitas no corpo.

Hope estaria há cerca de 8 meses sozinho. Depois de ter feito uma recuperação milagrosa, o menino, agora com aparência saudável, partiu para embarcar numa nova etapa da vida: a escola.

Quase um ano depois de ter postado a fotografia de Hope a beber água de uma garrafa, Anja escreveu um post emocionado:

“No 30 de janeiro de 2016 fui em missão de resgate com David Emmanuel Umem, Nsidibe Orok, e a nossa equipa nigeriana. Uma missão de resgate que ficou viral, e hoje, exactamente um ano depois, o mundo fica a saber que Hope já vai à escola”.

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TRENDING