Segue-nos

Familia

Menino de 7 anos era chamado de ‘o monstro’, e o pai ensinou uma lição aos colegas com um post no Facebook

Publicado

em

Jackson Bezzant, de 7 anos, estava na escola a tomar o pequeno almoço, quando um grupo de rapazes se aproximou dele e começou a gozá-lo e a ameaçá-lo, chamando-lhe nomes como ‘o monstro’ e ‘feio’, sem que ele pudesse fazer nada.

Felizmente, uma assistente escolar apercebeu-se da situação e conseguiu que os rapazes parassem, antes que a situação piorasse. Mas a história foi o suficiente para fazer com o seu pai, Dan, se desfizesse em lágrimas, como conta o site Little Things.

Não seria, talvez, motivo para que o pai chorasse de forma tão fogaz se o pequeno Jackson não tivesse nascido com o Síndorme de Treacher Collins, um distúrbio do desenvolvimento craniofacial causado principalmente por mutações no gene TCOF1, uma condição rara que afeta o desenvolvimento dos ossos e dos tecidos faciais. Na sequência do síndrome, Jackson é quase surdo e tem agendada uma cirurgia para reconstruir os olhos.

“Houve uma vez, em que passámos por uma senhora e ouvimo-la, nitidamente, dizer: ‘Viste, a cara daquele menino?!’, conta o pai.

Depois de saber o que se passou com o filho na escola, Dan decidiu que era altura de agir. O que nunca esperou, contudo, foi que o seu post de Facebook tivesse uma reação como esta!

Aqui está o pequeno Jackson, quase com 8 anos de idade.

Jackson nasceu com o Síndorme de Treacher Collins, uma condição rara que afeta o desenvolvimento do tecido fácil e da adição e o que faz com que precise de ajuda para ouvir.

Jacskon fez a escola primária, em Rigby, Idaho, nos Estados Unidos, e agora vai precisar de muita ajuda para continuar!

Recentemente, o pai, Dan, recebeu notícias da escola que o deixaram de coração despedaçado. Uma manhã, na escola, enquanto tomava o pequeno almoço, Jackson ouviu nomes como ‘monstro’ e ‘feio’ de um grupo de rapazes da escola que frequenta, enquanto o ameaçavam e maltratavam.

Infelizmente, o mundo é cruel e coisas como esta acontecem, tanto em criança como na fase adulta. “Houve uma vez, em que passámos por uma senhora e ouvimo-la, nitidamente, dizer: ‘Viste, a cara daquele menino?!’, conta o pai.

O post que o pai postou no Facebook:

“O meu coração está aos bocados agora. E Sinto que a minha alma está a ser arrancada do meu peito. E este lindo menino, o meu filho Jackson, tem de suportar todo um prol de comentários depreciativos e ignorância como eu nunca tinha testemunhado. Chamam-no de ‘feio’ e ‘monstro’ numa base diária, pelos seus pares, na escola. Ele fala em suicídio e nem sequer tem 8 anos!

Ele diz não ter amigos e que todos o odeiam. Os miúdos atiram-lhe pedras, enquanto lhe chamam estes nomes horríveis… A única coisa que peço é que tirem cinco minutos e que imaginem que era o vosso filho. Tirem um minuto para educarem o vosso filho acerca de necessidade especiais…

Falem com ele a propósito de compaixão e de amor ao próximo. A condição do meu filho tem um nome, chama-se Síndrome de Treacher Collins. Vejam na internet, se quiserem. Ele foi, já submetido, a uma cirurgia horrível e será submetido a inúmeras mais nos próximos anos. E assim poderia continuar… Mas, por favor, eduquem os vossos filhos. E partilhem este post.

Porque isto não deveria acontecer a ninguém.”

Dan nunca esperou que o seu post se tornasse viral, mas foi exatamente o que aconteceu. Hoje, muitos colegas de Jackson e crianças da escola vêm ter com ele e com a sua família, de forma a protegê-lo de quem lhe queira fazer mal.

Dan, contudo, quer que todos os professores saibam que não é contra eles que ele se coloca. Contrariamente, é contra os pais dessas crianças que ele se coloca, são eles que têm de os educar para a compaixão e a aceitação.

“Eu quero que esses pais veja o meu post e sintam o meu desgosto. Por favor, eduquem os vossos filhos e ensinem-lhes que o bullying não está ok!”, refere Dan.

O pai explica, ainda, que o seu post perimitiu, também, que Jackson se colocasse em contacto com dois meninos com o mesmo síndrome a viver nas redondezas… E vão conhecer-se em breve!

Dan colocou uma caixa de correio à porta de casa, para quem quiser enviar cartas e postais a Jackson à moda antiga…! E o mais engraçado de tudo… Se achavas que as cartas já estavam ultrapassadas, desengana-te. A caixa está a ficar cheia!

Uma salva de palmas para este super pai!

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING