Segue-nos

Mundo

Menina “portuguesa”, de 5 anos, que sobreviveu a um cancro, morreu atropelada

Publicado

em

Camila de Almeida Torcato, uma menina lusodescendente de apenas cinco anos, morreu esta segunda-feira, em Toronto, no Canadá, depois de ter ficado presa entre dois veículos.

A menina, aluna da escola católica St. Raphael, em North York, estava a sair da escola quando foi atropelada por um “veículo sem condutor”, revelou em comunicado a polícia de Toronto.

A menina, que estava a caminhar com pai para o seu carro, foi atingida por um SUV que “deslizou na direção dos dois, prendendo-os contra outro carro”.

Menina “portuguesa”, de 5 anos, que sobreviveu a um cancro, morreu atropelada

Camila sofreu lesões críticas, e morreu algumas horas depois de ter sido internada no hospital. O pai, Amilcar Torcato, de 42 anos, sofreu ferimentos ligeiros, e também foi tratado no hospital.

O SUV, um Hyundai, pertencia a uma mãe que estacionou na rua, e caminhou em direção à escola, sem perceber que o carro iria deslizar.

A conselheira municipal, Maria Augimeri, disse que o acidente poderia ter sido evitado, pois há sinais que proibem os pais de estacionar naquela rua.

A menina estava em remissão, depois de ter sido diagnosticada com cancro aos 3 anos, e de ter tido um tumor removido de um rim.

Uma porta-voz da família agradeceu, através do Facebook, os donativos que foram entretanto enviados para ajudar nas despesas com o funeral.

Ontem, a família já tinha conseguido cerca de 35 mil dólares canadianos, através do GoFundMe.

Apaixonado por rádio, notícias e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web...

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COMENTÁRIOS

TRENDING