Segue-nos

Mundo

Menina de 9 anos não resiste a acidente minutos depois de “comemorar” primeiro dia de escola

Publicado

em

Payton Crustner, uma menina de 9 anos de idade, posou para uma fotografia onde segurava um cartão para comemorar o seu primeiro dia de escola, na manhã da passada terça-feira, em Henderson, nos Estados Unidos.

Dez minutos depois, a aluna do quarto ano não resistiu a um terrível acidente que envolveu dois veículos a caminho da escola.

O irmão de Crustner, de 16 anos, que também estava no carro com ela, foi levado de emergência para o hospital em estado crítico.

Os outros ocupantes do veículo, incluindo a condutora, Miranda Clark, de 32 anos, e um menino de três anos de idade que viajava no banco de trás, foram tratados por ferimentos ligeiros, e já tiveram alta do hospital.

De acordo com um relatório preliminar, citado pelo EastTexasMatters.com , Clark estava a conduzir o seu carro em South Farm-to-Market Road, perto de Henderson, logo depois das 7 da manhã quando uma pickup GMC conduzida por Marcus Dukes, de 18 anos de idade, de repente entrou na faixa contrária.

Clark desviou-se para a esquerda, para evitar colidir com o veículo de Dukes, mas a manobra da mulher falhou, e a carrinha bateu no Nissan, fazendo com que o veículo saísse da estrada.

A condutora estava a usar o cinto de segurança, mas Payton, que estava sentada no banco de trás, só tinha a parte inferior do cinto de segurança colocada, e foi projectada do carro para a estrada no momento do impacto.

Uma colega de trabalho da mãe de Payton lançou uma campanha de angariação de fundos para ajudar a família em luto com as despesas finais da criança, e com os cuidados médicos do seu irmão.

Até à tarde de quinta-feira, mais de US $ 10.600 (cerca de 9.000€) foram angariados.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Mundo

Casal adotou 7 irmãos que viviam num orfanato, mesmo a tempo do Natal

Publicado

em

Depois de entrarem e saírem de um orfanato várias vezes, sete irmãos no Arkansas, nos Estados Unidos, têm finalmente um lar para sempre, e uma família para passar o Natal.

As sete crianças são as mais recentes adições à família de Terri e Michael Hawthorn, que agora inclui agora 13 crianças.

Os Hawthorns cuidaram de várias crianças desde que decidiram se tornar-se pais adotivos há vários anos atrás, revelou a KTHV.

“As nossas primeiras palavras foram: ‘OK, faremos isso por alguns anos, mas não adotaremos'”, disse Terri Hawthorn.

Mas Hawthorn não “cumpriu” esse compromisso, depois de conhecer dois irmãos.

Neste mês de dezembro, o casal adotou os sete filhos, que estavam para adoção há quase três anos.

“É bom ter uma família para acordar todas as manhãs”, disse Kyndal Hawthorn.

“Quando cheguei aqui, eu estava tipo, oh meu Deus, nós temos as nossas próprias camas”, disse Layna Hawthorn.

Antes de conhecerem os Hawthorns, as crianças às vezes tinham que ir para uma casa adotiva, sem uma cama para dormir ou comida para comer, de acordo com KTHV.

“É tão bom saber que temos uma família agora e não precisamos ir para nenhum outro lugar”, disse Dawson Hawthorn, o irmão mais velho.

Terri Hawthorn chama isso de bênção.

“Eles são uma bênção”, disse ela. “Todos os dias essas crianças acordam e estão a rir, felizes, e vemos isso nos sorrisos nos seus rostos, é o que faz valer a pena.”

“Este foi o melhor Natal que poderia ter, sabendo que tenho uma mãe e meu pai”, disse Kyndal.

Michael Hawthorn disse à WFLA 8 que ele e sua esposa adotaram dois bebés em abril, depois os sete em dezembro. Os Hawthorns também têm quatro filhos biológicos.

Michael Hawthorn postou este comovente comentário sobre seus sete novos membros da família no Facebook.

“Hoje é oficial, estes 7 irmãos mudaram o seu sobrenome para Hawthorn. Muitas orações por essas crianças nos últimos dois anos e meio. Obrigado Pastor Steve por ter vindo, e um enorme obrigado a Alan Clark…”

A maioria das pessoas da minha idade só se preocupa com a reforma (isso seria bom), mas, acima disso, optámos por investir na vida destas crianças. Eu e Terri passámos de 4 filhos para 13…”

As crianças fizeram um vídeo adorável sobre a sua nova família.

Veja aqui:

Continuar a ler

TRENDING