Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Médico de Diego Maradona sob suspeita de homicídio por negligência

PUBLICIDADE

Filhas de Maradona pedem investigação às prescrições do médico Leopoldo Duque, relativas aos últimos meses de tratamento do craque argentino. Já foram realizadas buscas na residência e consultório…

Publicado

em

Por

Este domingo, 29 de novembro, a policia argentina realizou buscas à residência e ao consultório do médico de Diego Maradona, Leopoldo Duque, de 39 anos, por suspeita de homicídio por negligência. De acordo com o jornal ‘La Nation’, “em virtude das provas já recolhidas, foi considerado necessário recorrer a mais diligências através de buscas na casa e no consultório médico de Leopoldo Duque”

PUBLICIDADE

O médico deverá ser chamado a prestar declarações em tribunal entre a tarde deste domingo e a manhã de segunda-feira, dia 30.

A imprensa argentina avança que a investigação ao médico foi aberta depois das declarações das filhas de Maradona, que exigiram uma revisão das prescrições médicas que Leopoldo Duque e a equipa receitaram ao seu pai, nos últimos meses de tratamento.

A justiça da Argentina está a investigar as possíveis irregularidades no internamento domiciliário de Maradona, a procurar os relatórios clínicos preparados por Duque , a averiguar os registos telefónicos e possíveis conversas.

Maradona começou a apresentar sinais preocupantes no início deste mês, quando teve de ser internado por anemia, desidratação e baixo estado anímica. Foi-lhe detetado um hematoma subdural – um coágulo no cérebro – e, por essa razão, teve de ser operado de urgência. A 12 de novembro, o antigo craque do futebol teve alta hospitalar e foi transportado para uma casa nos arredores de Buenos Aires com o intuito de prosseguir um tratamento para a adição ao álcool.

PUBLICIDADE

Diego Maradona morreu com uma insuficiência cardíaca aguda. Apesar de Leopoldo Duque não ter estado presente no momento em que o craque faleceu, sabe-se que foi o médico quem se encarregou de chamar uma ambulância até ao local do óbito.

COMENTÁRIOS

TRENDING