Segue-nos

Famosos

Maya fala sem tabus sobre os seus relacionamentos com homens mais novos: “É o meu padrão…”

PUBLICIDADE

Júlia Pinheiro esteve à conversa com Maya que fez revelações inéditas sobre os seus relacionamentos…

Publicado

em

Por

Maya fala sem tabus sobre os seus relacionamentos com homens mais novos: “É o meu padrão…”
Reprodução | Redes Sociais

Nesta segunda-feira, dia 6 de junho, foi para o ar a entrevista de Maya para o programa “Júlia”, da SIC. A apresentadora abriu o coração para falar sem tabus sobre os seus relacionamentos e a opinião que tem sobre os mesmos.

Depois de muitos anos afastada da estação de Paço de Arcos, Maya regressou para uma conversa intimista com Júlia Pinheiro. A taróloga falou acerca da sua vida profissional, mas também sobre aspetos pessoais, nomeadamente, a importância do pai na educação e crescimento pessoal ao problema de saúde do filho, Vasco.

PUBLICIDADE

A dada altura da conversa, a apresentadora recordou os quatro casamentos, uniões que não duraram mais de três anos. A tarólogo falou sem tabus sobre a sua opinião quanto aos relacionamentos amorosos, abordando a sua atual conexão à sexualidade e à efetividade.

Aos 62 anos, Maya ainda se encontra aberta para o amor: Não estou reformada no amor, mas claro que não vou voltar a casar. E tenho muitas reservas sobre isso do ato de se casar com alguém. Sempre acreditei no amor partilhado, apesar de não defender aquilo que se entende por economia comum na vida a dois”

A comunicadora confessou que prefere homens mais novos: “Continuo a apaixonar-me (…) Confesso que a partir de uma certa idade, o gosto vai para os homens mais novos. E não me sinto insegura com isso, acho que não há razões para tal. Claro que não estamos a falar de homens muito mais novos que eu, tenho um filho de 29 anos e acho que se assumisse um relacionamento com alguém com uma idade perto da do Vasco seria resvelar para algo que não é interessante ou correto. Mas homens entre os 40 e os 50 anos, por agora. É o meu padrão e acho até que é fase em que os homens atingem o seu auge”.

PUBLICIDADE

No seguimento deste assunto, Maya confessou que continua a ter muito cuidado para manter a sua imagem e se sentir mais segura para relacionamentos: “A questão física é importante mas não é decisiva, e acho que nunca vou ser escrava disso. Eu cheguei a ter a ideia de que uma mulher chegando ali aos 40/50 anos, estava arrumada. Claro que mudei esse pensamento. Uma mulher é uma mulher sempre, e tem de estar feliz consigo própria, com o seu corpo, e com a sua sexualidade”.

A apresentadora ainda acrescentou: “Gosto de manter uma certa sensualidade, e trabalhar com isso. Mas o corpo não é tudo, e a minha segurança não vem daí. Se hoje sou uma mulher que se mostra forte na forma como encara os outros, acho que isso vem da própria forma como eu olho para o mundo”, termina.

 

COMENTÁRIOS

TRENDING

v