Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Marisa Cruz abre o coração para falar do pai: “Fui visitá-lo à prisão… Tinha sete anos…”

PUBLICIDADE

Marisa Cruz foi a convidada de Manuel Luís Goucha, abriu o coração para falar do seu percurso de vida, e da falta que o pai lhe fez…

Publicado

em

Por

TVI | Instagram

Marisa Cruz foi a convidada de Manuel Luís Goucha na tarde desta sexta-feira, 5 de março, para uma conversa intimista onde a apresentadora abriu o coração para falar da sua vida, pessoal e profissional, e começou por revelar que tem poucas memórias de coisas boas: “Eu tenho mais memórias das fases más, ou de coisas que foram difíceis de ultrapassar”, começou por revelar.

PUBLICIDADE

A apresentadora nasceu em Luanda, Angola, em junho de 1974, tendo viajado para Portugal com os pais pouco depois, não tendo assim memória desses tempos: “Não me lembro de ter uma infância normal, era um peso que carregava e que felizmente agora consegui libertar”.

Mariza Cruz revela que não tem memória dos pais enquanto casal, já que a separação aconteceu pouco depois da chegada a Portugal, confessando depois a que a ausência do pai a afetou: “Eu sempre criei uma fantasia na minha cabeça de um pai que eu gostava que estivesse presente na minha vida, e só mais tarde percebi que coitado, ele escolheu mal os caminhos que tinha que percorrer”, começou por revelar.

“A última memória que tenho dele, foi uma memória muito bonita. Eu fui visitá-lo à prisão, e lembro-me de ele tirar do porta moedas um fio com uma cruz, e aquilo para mim teve um valor…”, confessa ainda Marisa Cruz, que revela ainda que nessa altura, com sete anos de vida, “criou um pai” na sua cabeça, e que mais tarde ele iria aparecer. No entanto, o pai de Marisa Cruz acabou por falecer num acidente de automóvel, no Brasil.

Veja aqui o vídeo.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING