Segue-nos

Famosos

Mariah Carey: segurança da cantora acusa-a de assédio sexual

Segurança confessa que, Mariah ter-lhe-à pedido que fosse ao seu quarto para carregar a bagagem e quando lá chegou a cantora estava apenas com uma lingerie transparente.

Publicado

em

A cantora Mariah Carey está a ser acusada por um ex-segurança de assédio sexual e ofensas verbais durante o tempo que trabalhou com a artista.

A noticia é avançada pelo site americano TMZ que descreve a acusação feita pelo segurança em causa, Michael Anello, e que é o proprietário da empresa que durante 2 anos (entre 2015 e 2017) trabalhou com a cantora.

O processo judicial inicia-se devido ao cancelamento do trabalho por parte da equipa de Mariah. Segundo os advogados de Anello, a empresa foi contratada por 2 anos por um determinado valor, e prometido mais dois, por outro.

Segundo o mesmo site, os advogados da cantora contam que tentaram chegar a um acordo sobre os valores prometidos mas que a empresa não terá aceite.

Após este impasse surgem as acusações de Anello  que refere ter sido constantemente humilhado por Mariah,  ao se referir a ele como um nazista, um skinhead, um membro do KKK e um supremacista branco, ao que Anello reclama : “Mariah insistia em estar sempre rodeada de pessoas negras e nunca brancas”

O site, que teve acesso aos documentos da acção judicial, descreve o episódio em que Anello assume ter sido assediado pela cantora onde conta que Mariah terá cometido “actos  sexuais com a intenção de serem vistos” por Anello.

O segurança conta que, durante uma viagem a Cabo San Lucas, Mariah ter-lhe-à pedido que fosse ao seu quarto para carregar a bagagem e quando lá chegou a cantora estava apenas com uma lingerie transparente. Michael Anello diz que tentou sair, mas ela insistiu que ele carregasse com a bagagem. No entanto, garante que saiu da sala e não houve contacto físico.

Os advogados de Mariah tentaram um acordo com a empresa e dizem desconhecer qualquer processo ou situação que tenha que ver com assédio sexual por parte da cantora.

A onda de casos de assédio sexual nos EUA está a tomar proporções inacreditáveis e são muitos os nomes sonantes, e principalmente “do mundo do cinema”, que cada vez mais aparecem.

Mas, até agora só ouvimos falar de homens sobre mulheres e alguns sobre outros homens.

.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING