Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Maria Botelho Moniz recorda o falecido pai: “Sinto que me foi enviado alguém…”

PUBLICIDADE

A apresentadora voltou a recordar o pai, revelando que sentiu a sua “ajuda”: “É uma das coisas que fui pedindo…”

Publicado

em

Por

Maria Botelho Moniz / instagram

Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos receberam no “Dois às 10” a relações pública Cláudia Jacques e o empresário Belmiro Costa, que vão casar em breve.

PUBLICIDADE

Durante a conversa, Maria Botelho Moniz recordou o pai que morreu em 2018, no seguimento da confissão de  Cláudia Jacques  que revela que sentiu que os seus “anjos da guarda” lhe enviaram o noivo na altura em que também perdeu o pai.

Perdi o meu pai em 2018 e uma das coisas que eu fui pedindo foi «envie-me alguém». E eu sinto que alguém me foi enviado“, explicou Maria Botelho Moniz referindo-se ao namorado, Pedro Bianchi Prata. Veja aqui o vídeo.

De recordar que esta não foi a primeira vez que Maria Botelho Moniz tocou no assunto. Em conversa com Cristina Ferreira no “Conta-me”, da TVI, a apresentadora já tinha abordado o tema mas noutra perspetiva: “Ele sei que ele me foi enviado. Eu acredito que as pessoas nos são enviadas. Há amigos que eu fiz depois da morte do Salvador que eu sei que foi ele que mos enviou”, declara ainda Maria Botelho Moniz.

“Eu sei que este amor me foi enviado. Eu pedi muito”, confessou ainda a apresentadora como pode recordar aqui: Maria Botelho Moniz sobre o namorado: “Eu sei que este amor me foi enviado. Eu pedi muito”

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING