Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Margarida Aranha recorda o que viveu com Milos Kant: “Sentia nojo de mim própria”

PUBLICIDADE

Em lágrimas, Margarida Aranha, ex-concorrente do “Love On Top” lembrou a intimidade com Milos Kant: “Não fazia porque queria…”.

Publicado

em

TVI/Site

Margarida Aranha, ex-concorrente do reality-show “Love On Top” esteve esta terça-feira, 11 de agosto, no programa “A Tarde É Sua”, à conversa com Fátima Lopes para partilhar o “pesadelo” que viveu com o empresário Milos Kant.

PUBLICIDADE

A jovem começou por contar que, depois de entrar na primeira e segunda edições do programa, foi contactada para fazer uma presença na discoteca do milionário suíço e foi aí que o conheceu:

“Mostraram-lhe vídeos meus no programa e ele ficou com vontade de me conhecer”, afirmou a jovem.

Margarida Aranha adiantou que foi então para a Suíça, onde se encontrava a dita discoteca, e foi confrontada com uma proposta para ser “companheira” de Milos, em troca de uma vida financeira mais estável:

“Eu na altura nem pensei, ele precisa de uma pessoa como eu e eu estava a precisar de uma pessoa como ele, ele prometeu ajudar-me nas minhas despesas”, disse, reforçando que ambos nunca falaram de sexo.

PUBLICIDADE

A convidada de Fátima Lopes revelou então que os dois acabaram por fazer uma viagem à Tailândia durante um mês, admitindo que foi aí que ambos falaram sobre existir uma intimidade entre ambos.

Ora veja:

Margarida Aranha explica primeiras intenções de Milos Kant: “Fiquei encantada por poder ter uma boa vida…”

PUBLICIDADE

Após a viagem, Margarida revelou ter decidido ficar a viver com o milionário na Suíça e foi a partir de então, mais concretamente depois do Festival de Cannes, onde participaram e onde ficaram noivos, que as coisas começaram a agravar-se:

“Começaram as exigências, ele queria que eu fosse maquilhada para a praia, que eu vestisse o que ele queria e depois do pedido de casamento descambou tudo… nessa noite que chegámos a casa eu vesti o pijama e ele começou com um mau humor que eu não percebi (…) ele começou a dizer: “isto não é normal, eu pedi-te em casamento ontem e nem nessa noite tens relações sexuais comigo”, eu fiquei a olhar…”.

Margarida Aranha revelou então que depois das palavras “duras” ditas por Milos Kant, começou a pensar que estaria “errada” e acabou por ceder:

“E eu fiquei a pensar que ele me tinha pedido em casamento e que eu se calhar tinha que chegar a essa parte (…) tive receio e pensei ‘eu vou fazer isto’ e no dia a seguir acabei por ceder e envolvi-me com ele e não aconteceu apenas uma vez a partir daí foi a cobrar sempre”.

Em lágrimas, e confrontada com a questão de como se sentia quando se envolvia sexualmente com o milionário, a jovem respondeu:

PUBLICIDADE

“Sentia nojo de mim própria, sentia-me meio que violada, não fui não é, porque eu aceitava, mas a forma como ele fazia era obrigatória para mim, eu não fazia por queria, não era a coisa mais maravilhosa do mundo…”, disse, emocionada.

Margarida Aranha revelou que, após acusações e uma “pressão psicológica”, decidiu pedir ajuda aos pais para poder voltar para Portugal. A jovem adiantou também, em conversa com Fátima Lopes, que ainda hoje não se “libertou” de Milos Kant.

Vê aqui o momento.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING