Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Manuela Moura Guedes recorda episódio em que queimou o “rabiosque”: “Em carne viva…”

PUBLICIDADE

Manuela Moura Guedes revelou o episódio esta quinta-feira, no programa “5 para a meia-noite”: “Ainda hoje tenho uma cicatriz…”.

Publicado

em

RTP1/Site

Manuela Moura Guedes esteve esta quinta-feira, 18 de junho, no programa “5 para a meia-noite”, à conversa com Filomena Cautela.

PUBLICIDADE

A jornalista marcou presença, juntamente com Jorge Gabriel, para ambos recordarem a sua passagem pelo “Quem Quer Ser Milionário”, na RTP1, uma vez que o concurso vai voltar ao canal já este sábado.

A dada altura, a antiga jornalista recordou um episódio caricato durante as gravações do programa, quando fez uma ferida no “rabiosque”, com um saco de água quente.

“Nós estávamos num estúdio muito grande, gravava três programas por dia e tinha muito frio, porque andava sempre com vestidinhos e abriam as portas e eu estava sempre a tiritar e então punham-me um saco de água quente aqui atrás”, referiu, revelando que este era colocado na sua cadeira, sem que fosse visto.

De seguida, Moura Guedes contou então que, num determinado dia, a água acabou por estar “a ferver”:

PUBLICIDADE

“Eu gravava o programa sempre todo de seguida e, daquela vez, de vez em quando sentia aquilo muito quente mas continuava a gravar. Chegava-me à frente e nunca mandei parar”, referiu.

No final, a convidada de Filomena Cautela acabou por referir que, terminada a gravação, e com algumas dores, acabou por pedir que a observassem:

“Ela foi ver e eu tinha já uma ferida já em carne viva por ter estado aquele tempo todo com o saquinho um bocadinho quente demais. Ainda hoje tenho uma cicatriz, fiquei com uma ferida daquele saco de água quente”.

PUBLICIDADE

Vê aqui o momento, ao minuto 1:55:

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING