Actualidade

Manuela M.Guedes reage às acusações de Sócrates e ataca Costa

“Agora talvez percebam o sentimento de injustiça com que tenho vivido desde que Sócrates fez com que a Administração da TVI acabasse com o Jornal ( de Sexta)”

Manuela Moura Guedes / instagram

Manuela Moura Guedes, não se conteve nas palavras. Oito anos depois de ter sido afastada da TVI, e do jornalismo, e agora que o ex-Primeiro Ministro José Sócrates foi acusado pelo Ministério Publico, Manuela Moura Guedes não se “cala”, e  reagiu à acusação de Sócrates nas redes sociais.

A jornalista comenta a injustiça que lhe foi feita, a si  e à sua equipa de jornalistas quando, acusa, José Sócrates fez com que o “Jornal da Sexta” na TVI terminasse, “Agora talvez percebam o sentimento de injustiça com que tenho vivido desde que Sócrates fez com que a Administração da TVI acabasse com o Jornal ( de Sexta) ” , e também com que  toda a equipa deixasse de exercer funções, “Foi há 8 anos! Nunca mais tive hipótese de fazer jornalismo (…)Dos 7 ou 8 jornalistas que faziam o Jornal de Sexta, 3 , dos melhores, abandonaram a profissão , o jornalismo, porque deixaram de ter condições sérias para o exercer”.

Manuela Moura Guedes relembra que foi há 8 anos que a pressão sobre o trabalho que exercia tomou proporções drásticas e nem mesmo a concorrência quis pegar no seu trabalho, afirmando que o poder politico continua a influenciar a investigação jornalística, lançando farpas ao actual Primeiro-Ministro António Costa, “Nunca mais tive hipótese de fazer jornalismo apesar de ter procurado contar a verdade acerca do 1° ministro de Portugal.Estranho ,não é? Devia ser ao contrário. Eu e os jornalistas da minha equipa devíamos ser disputados entre os meios de comunicação social.”, -se, e continua, “Algo vai muito mal neste País, quando a Informação tem de se ajeitar à política e a interesses vários e quando , por exemplo,um 1° ministro,( Costa) diz aos eventuais compradores da TVI (Altice) que seria bom manterem lá o director de Informação ( Sérgio Figueiredo) e a Administradora espanhola (Rosa Cullell)..”

Moura Guedes não deixou nada por dizer e ainda atacou a Comunicação Social em todas as vertentes, “O assustador e que revela como está a Comunicação Social em Portugal é a passividade e normalidade com que isto foi recebido. Tudo se aceita , até a interferência de um chefe de Governo na linha editorial de uma televisão!”

COMENTÁRIOS

To Top