Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Manuel Luís Goucha sai em defesa de Cristina Ferreira: “Passam os limites da decência…”

PUBLICIDADE

À revista Nova Gente, Manuel Luís Goucha defendeu Cristina Ferreira das notícias de que tem sido alvo: “Isto não é jornalismo”, afirmou…

Publicado

em

Manuel Luís Goucha/Instagram

Manuel Luís Goucha concedeu recentemente uma entrevista à revista Nova Gente, que vem publicada na edição da revista desta quarta-feira, dia 2 de junho.

PUBLICIDADE

A dada altura da conversa, o apresentador recordou uma notícia que saiu sobre Cristina Ferreira e que dava conta que as receitas do seu livro ‘Pra Cima de Puta’ ainda não tinham sido entregues. Na altura, Cristina afirmou à revista TV 7 Dias: “Só se eu fosse maluca, atendendo ao que se está a passar, é que eu não iria entregar as receitas do meu livro a uma instituição“.

Este comentário acabou por ser replicado por vários órgãos de comunicação social e um deles fez um título que suscitou uma interpretação diferente da realidade: “Cristina Ferreira e as receitas do livro – Só se eu fosse maluca“.

Sobre este título em questão, Manuel Luís Goucha afirmou: “Tomo as dores da Cristina, quando acho que se passam os limites da decência, e aquilo que eu li num site eu faria por qualquer pessoa, fosse a Cristina ou outra pessoa“.

A Cristina disse na TV7 Dias: ‘Só se eu fosse parva, atendendo ao que se está a passar, é que eu não iria entregar as receitas do meu livro a uma instituição’. E aquilo que um site fez foi: ‘Cristina e as receitas do livro – Só se eu fosse parva…“, acrescentou.

PUBLICIDADE

Após visualizar os comentários, o apresentador teceu críticas à repercussão deste título para o site que o fez e para a impressão no público que leu: “Dei-me ao trabalho de ir ler os comentários a essa notícia, porque o problema das pessoas é que se deixam manipular por um título, porque não vão sequer ler a notícia, dá muito trabalho informar-se. E muitas pessoas criticavam-na e diziam que ela ainda gozava por achar bem não entregar as verbas do livro a uma instituição“, considerou.

Não posso pactuar com a nojeira que se faz nas redes sociais e em alguns sites de comunicação social, em nome do jornalismo. Isto não é jornalismo! E depois, ainda por cima, o que é triste é que há milhares de pessoas que se deixam manipular, que não pensam pela cabeça delas. Claro que uma figura pública nunca iria dar de bandeja esse trunfo aos inimigos. Claro que ela vai entregar as receitas“, concluiu.

Escrevo sobre tudo e em qualquer circunstância. Movo-me pela vontade de contar histórias e adoro escrever sobre a televisão, os reality shows e os famosos, entre muitas outras coisas...

COMENTÁRIOS

TRENDING