Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Manuel Luís Goucha comovido com história de convidada: “Não me vou esquecer de si nunca mais…”

PUBLICIDADE

Manuel Luís Goucha recebeu Rute, que marcou presença para falar do filho, que pôs fim à vida com 18 anos…

Publicado

em

TVI/Site

Uma das convidadas de hoje do programa “Goucha” foi Rute, que marcou presença para dar o seu testemunho enquanto mãe que perdeu o filho, Pedro, que aos 18 anos decidiu pôr fim à vida.

PUBLICIDADE

Rute partilhou que o filho sempre foi uma pessoa muito extrovertida, social e que, em 2018, começou a deixar de conviver e a estar mais isolado de amigos e família, fraquejando também no seu rendimento escolar.

A convidada de Manuel Luís Goucha contou que decidiu sugerir ao filho que fosse a um psicólogo:

“Foi numa quarta-feira, eu achei-o estranho (…) e ele aí abriu-se mas não todo, ele virou-se para mim e disse ‘oh mãe, eu não tenho namorada, porque na altura não tinha, eu não tenho perspetiva de futuro (…) as notas estão a baixar e eu estou triste e eu disse ‘Pedro, não é só isso’ (…) ele olhou nos meus olhos e disse ‘ mãe, eu não te posso contar porque se te contar eu vou te magoar muito e eu não quero’ (…)”, relatou, referindo que este, na consulta, conseguiu disfarçar e “enganar” a profissional, fazendo transparecer que se encontrava bem.

Rute contou então que o filho acabou por pôr fim à vida, no dia 24 de maio de 2019, e até que tudo aconteceu depois de ter falado ao telefone consigo e de lhe ter enviado uma mensagem de despedida, não só a si, mas também ao pai, irmão e amigo:

PUBLICIDADE

“Ele enviou-me mensagem a mim, para o pai, o irmão, para o amigo e para a namorada, o final igual, o início diferente”, disse.

No testemunho avassalador, a dada altura, Rute partilhou que durante este processo que se seguiu à morte de Pedro decidiu criar um blogue “O meu filho tem asas” e explicou depois que marcou presença em televisão para alertar não só pais mas também quem está a sofrer, para que peça ajuda:

PUBLICIDADE

“O meu filho não teve força para aceitar a nossa ajuda e acho que, então, eu tenho que levar ajuda a quem não tem coragem e força para pedir socorro (…) eu quero fazer diferente (…) peçam ajuda”.

No final da conversa, e depois de ter referido que a história de Rute foi, para si, “um murro no estômago”, Manuel Luís Goucha disse, comovido:

“Obrigado. Não me vou esquecer de si nunca mais”, garantiu.

Veja aqui.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING