Segue-nos

Actualidade

MAI “não vê inconveniente” que relatório sobre Pedrógão seja divulgado

O Ministério da Administração Interna esclareceu hoje que o Governo aceita, e já o disse ao Ministério Público, a divulgação de um relatório sobre os incêndios de Pedrógão Grande, do ano passado, até agora por divulgar.

Publicado

em

Por

MAI “não vê inconveniente” que relatório sobre Pedrógão seja divulgado

Lisboa, 02 mai (Lusa) — O Ministério da Administração Interna esclareceu hoje que o Governo aceita, e já o disse ao Ministério Público, a divulgação de um relatório sobre os incêndios de Pedrógão Grande, do ano passado, até agora por divulgar.

Segundo uma nota do Ministério, “o Governo reafirma que nada tem a esconder relativamente ao pleno apuramento dos factos relativos aos incêndios de Pedrógão Grande e de outubro de 2017”.

O relatório da auditoria, efetuada pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, foi de imediato remetido ao Ministério Público, diz-se na nota, na qual se acrescenta: “Face à especulação entretanto criada, o Governo não vê inconveniente na publicitação do relatório, o que transmitiu à senhora procuradora-geral da República, de modo a que seja avaliado o levantamento do segredo de justiça”.

O relatório, conforme noticiou hoje o jornal Público, indica que houve documentos apagados ou destruídos e que o combate ao incêndio teve falhas graves.

O relatório tem quase seis meses, mas não era conhecido do público.

Hoje em declarações á Lusa o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse que o relatório foi enviado de imediato, mal foi concluído, ao Ministério Público e à Inspeção-Geral de Administração Interna.

O PSD e o CDS-PP anunciaram hoje na Assembleia da República que iriam pedir o acesso ao relatório.

FP // HB

Lusa/fim

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COMENTÁRIOS

TRENDING