Segue-nos
PUBLICIDADE

Familia

Mãe processa escola por ter rapado o cabelo da filha por razões de “higiene”

PUBLICIDADE

Publicado

em

Esta menina chamada Tru, de apenas 7 anos, passou por uma experiência traumática na escola “Little Heroes Group Home”, onde estuda no estado do Massachussetts, Estados Unidos.

PUBLICIDADE

A menina, que vive a tempo parcial na escola por sofrer de dificuldades emocionais, foi levada para um salão de cabeleireiro, sem o consentimento da mãe.

Os cuidadores disseram que o corte de cabelo era necessário para fins de higiene, mas Denise discorda.

“Não havia nenhuma razão higiénica para rapar a cabeça da minha filha.”

A mãe disse à NECN : “Estou muito chateada. E não vou deixar de estar porque sinto que a minha filha foi assaltada, e violada”.

PUBLICIDADE

Segundo a mãe, além de ser levada sem o seu consentimento ao cabeleireiro, a filha ainda ouviu os funcionários do instituto dizerem-lhe que “o cabelo voltaria a crescer liso”.

A mãe planeia processar o instituto, e retirar a filha do local. O advogado, Richard Kendall, disse a CBS Boston que achou “terrível” que Tru tenha ouvido que o cabelo dela voltaria a crescer liso, logo depois de ter sido rapado.

PUBLICIDADE

Os funcionários disseram que as leis da privacidade os impedem de comentar o caso, mas revelam que estão a avaliar a situação.

Numa declaração disseram: “Uma revisão das circunstâncias está em andamento para determinar o que ocorreu e, se necessário, serão tomadas as ações apropriadas”.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING