Segue-nos
PUBLICIDADE

Televisão

Mãe do enfermeiro português de Boris Johnson explica o que levou o filho a emigrar: “Enviou mais de 200 currículos…”

PUBLICIDADE

A mãe do enfermeiro português que cuidou de Boris Johnson esteve à conversa com Cristina Ferreira…

Publicado

em

Por

O Programa da Cristina / instagram

O primeiro-ministro britânico Boris Johson teve alta hospitalar este domingo, depois de ter estado internado durante uma semana devido a complicações respiratórias decorrentes da infecção com o novo coronavírus.

PUBLICIDADE

Boris Johnson agradeceu aos profissionais do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS), num vídeo partilhado no Twitter. Curiosamente, o primeiro-ministro fez um elogio especial a um enfermeiro português e a uma enfermeira neozelandesa.

“Quero dar um cumprimento especial a dois enfermeiros que se mantiveram junto a mim durante 48 horas, quando tudo poderia ter acontecido. Assim, agradeço à Jenny, da Nova Zelândia, e ao Luís, de Portugal, perto do Porto”, revelou com emoção.

Luís Pitarma é o enfermeiro visado pelo primeiro ministro britânico, e já falou até com Marcelo Rebelo de Sousa. Esta segunda-feira, 13 de abril, a mãe do enfermeiro esteve à conversa com Cristina Ferreira nas manhãs da SIC, e revelou o que levou o filho a emigrar para Inglaterra em 2014:

“Chegou a mandar mais de 200 curriculum, nunca o chamaram”, revelou a mãe de Luís no “O Programa da Cristina”.

PUBLICIDADE

Edite Pitarma revelou ainda que o filho vem quatro vezes por ano a Portugal, e que quando soube que ia cuidar de Boris Johnson “estremeceu”. Luís Pitarma não pode dar entrevistas por agora, revelou Cristina Ferreira que entrou em contacto com o hospital.

Veja o video publicado nos “stories” da página do programa das manhãs da SIC:

COMENTÁRIOS

TRENDING