Segue-nos

Familia

Mãe desenha “botão do abraço” para o acalmar no primeiro de escola

Por vezes, algumas as crianças ficam numa excitação enorme quando o grande dia chega, mas por outras, a excitação cede lugar à ansiedade e ao medo do desconhecido…

Publicado

em

O filho estava nervoso no primeiro dia de escola e, então, esta mãe desenhou uns corações nas palmas das mãos e chamou-lhes ‘botão do coração’.

O primeiro dia de escola é sempre um misto de emoções para todos os envolvidos. Desde a criança que tem de sair da sua zona de conforto, à mãe que tem de assistir ao seu ‘bebé’ enfrentar o mundo real, a entrada na escola é algo que pode representar, realmente, um desafio.

Por vezes, algumas as crianças ficam numa excitação enorme quando o grande dia chega, mas por outras, a excitação cede lugar à ansiedade e ao medo do desconhecido.

Para algumas crianças, entrarem na creche ou na jardim de infância e estarem longe da mãe e do pai todo o dia é algo muito assustador. As pessoas que melhor conhecem e que melhor cuidam deles, não estão ali e deixaram-nos sozinhos e assustados.

Foi esse o caso do pequeno Max Mallet, que foi para a escola pela primeira vez, ficando sem a sua mãe, Louise.

Mas a mãe teve uma ideia criativa e amorosa para fazer com que Max se sentisse seguro e amado por ela, todo o dia, mesmo quando estão separados…

Louise Mallet, mãe de três crianças, de Ipswich, em Inglaterra, estava preocupada com o seu ‘bebe mais pequeno’ e a sua entrada no jardim de infância.

Em declarações ao jornal Daily Mail, louise explica que Max tinha, já, passado algumas manhãs na escola, a que ela se refere como “manhãs de habituação”. No primeiro dia, ele sentiu falta da mãe de tal forma que chorou o tempo todo.

Quando Max se estava a preparar para o primeiro dia inteiro na escola, Louise estava preocupada que Max não aguentasse a pressão e que não desfrutasse do dia em pleno. Foi, então, que teve uma ideia para mostrar a Max que a mãe estaria sempre ao seu lado.

No Facebook, escreveu: “Percebi que ele estava particularmente emocional esta manhã. Então, tivemos uma conversa e surgiu a ideia de desenharmos um coração em cada uma das nossas palmas das mãos. Se carregássemos, enviávamos um abraço um ao outro.” Louise chamou a estes desenhos ‘botões de coração’.
Louise e Max desenharam, então, um coração em cada uma das palmas das suas mãos. Max teve, até, direito a um coração extra no seu braço para o caso do coração da palma da mão não funcionar.

A caminho da escola, mãe e filho caminharam de mãos dadas, para ‘carregarem’ os seus corações.
Concluindo… Louise estava preocupada com Max, mas o seu plano funcionou na perfeição! Quando Louise o foi buscar, perguntou-lhe se carregou nos seus ‘botões do coração’ e se recebeu os seus abraços e ele respondeu-lhe que sim!

Louise escreveu, depois, no Facebook: “Ele disse-me: ‘Pressionei-o durante muito tempo, mãe, e não chorei…’ E eu depois respondi-lhe: ‘ah! Foi aí que senti um abraço enorme! Recebeste o meu?’ E ele respondeu-me: ‘Sim!’”

A ideia desta mãe, desfez outras mães em lágrimas… Acaba por se revelar uma excelente ideia para ajudar outras crianças, como Max, no primeiro dia de escola.

Porque não, experimentarmos com as nossas crianças? Fica a ideia!

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING