Segue-nos

Famosos

Luísa Castel-Branco revela que tomava calmantes com 11 anos

Em entrevista a Cláudio Ramos, a comentadora diz que não foi feliz na infância…

Publicado

em

Luísa Castel-Branco / Instagram

A entrevista está publicada na revista de Cristina Ferreira. Nela, Luísa Castel-Branco fala sobre a “infância que dava uma história”.

Trata-se de uma conversa marcante conduzida por Cláudio Ramos. Uma das primeiras questões que o apresentador colocou à amiga teve como tema a juventude de Luísa. Quando perguntou porque razão não encontrou informações sobre esta fase da sua vida da amiga, a apresentadora foi clara:

“Evito falar nela. Não fui feliz na infância nem na adolescência. Foi muito difícil e marcou-me para o resto da vida. Mas também fez de mim uma lutadora”.

Mais à frente, Luísa Castel-Branco, de 65 anos, revelou que começou a tomar calmantes aos 11 anos e que tinha aversão à comida:

“Eu, com 11 anos, comecei a tomar calmantes. Porquê? Porque vomitava tudo o que comia. Com 11 anos, não é normal”, afirmou.

Nesta altura, Cláudio questiona se o problema seria bulimia – distúrbio alimentar que se caracteriza pela ingestão de grandes quantidades de comida, seguida da indução do vómito -ao que a comentadora de ?Passadeira Vermelha’ responde negativamente.

Seguidamente, Cláudio Ramos pergunta se alguma vez fez terapia?. “Claro que sim. Por causa de tudo. A minha própria infância dava uma ótima história. Já disse isto trinta vezes e as pessoas continuam a achar que tenho um ar de dondoca, de tia e do raio que me parta”, afirmou.

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING