Segue-nos

Famosos

Luísa Castel-Branco: “O facto de ser um sex symbol significa que ela não tem miolos”

No programa “Passadeira Vermelha” Luísa Castel-Branco admitiu que não nutre simpatia pela antiga deputada Joana Amaral Dias…

Publicado

em

Joana Amaral Dias/Instagram

No programa “Passadeira Vermelha” desta terça-feira, 29 de outubro, foi comentada uma declaração de Joana Amaral Dias que, a uma publicação nacional, referiu:

“Podes ser um objeto sexual se fores atriz mas não podes comportar-te como tal se fores escritora…”.

Luís Castel-Branco começou por dizer: “Para já ela não é escritora, ela publica livros inseridos no contexto daquilo que ela estudou… É especialista na escrita da sua área, isso não faz dela uma escritora”.

Sobre as palavras da psicóloga criminal, a mãe de Inês Castel-Branco considerou:

” (…) Eu gostava que ela percebesse que o facto de ser um sex symbol para qualquer mulher não é um facto positivo… porque sex symbol significa que ela não tem miolos. A única coisa que as pessoas vão olhar para aquela mulher é porque ela tem umas medidas ótimas. Se calhar é assim que olham para ela”, afirmou.

A comentadora do programa da SIC admitiu que já admirou imenso Joana Amaral Dias, no entanto hoje em dia não nutre simpatia pela antiga deputada.

Luís Castel-Branco reforçou depois: “Ela é uma sex symbol a partir do momento em que se pôs nua a mostrar a barriga e nesse tempo ainda estava na política, demonstrou bem o que ela pensa da política, das mulheres, de nós todas”, terminando:

“A mim envergonhou-me, já gostei dela em tempos, as atitudes dela há muito tempo que me envergonham”, disse.

.

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING