Segue-nos

Famosos

Luciana Abreu: “Hoje em dia as pessoas são pagas para falar mal, eu sinto isso no meu canal de televisão…”

“Há pessoas que se disponibilizam e que vivem para isso (…) para serem comentadores e colocarem defeitos naquilo que eu faço de livre e espontânea vontade”, disse.

Publicado

em

SIC/Site

Esta manhã, Luciana Abreu foi uma das convidadas do programa “Alô Portugal”, na SIC, para falar um pouco dos seus novos projetos na música e não só.

A artista falou da música “Muxima”, da sua longa visita ao Brasil com Gretchen Miranda e também, do último projeto na Internet, o seu canal de Youtube, que referiu:

“A qualidade do meu programa está no conteúdo, está no tipo de entrevista que eu faço (…) falo de mim, tenho momentos com fãs que me acompanham no meu dia-a-dia”.

No que respeita à sua privacidade, José Figueiras questionou de seguida: “Estás bem Luciana?”, ao que a cantora garantiu:

“Eu estou ótima, vivo para as minhas quatro filhas, estou na melhor fase da minha vida a nível profissional, com imenso trabalho e a abraçar o novo projeto da SIC, que vocês saberão em breve (…)”.

Ainda sobre a sua estadia no Brasil, Luciana afirmou: “[No Brasil] As pessoas são extraordinárias , são quentes, não tratam os seus nem os convidados da maneira que os portugueses tratam”, frisando:

“Eu lancei o meu programa o “Quem Sou Eu?”, que é uma equipa reduzida a duas pessoas (…) eu partilho experiências que tenho pelo mundo fora (…) e conduzo as entrevistas da melhor maneira possível independentemente da qualidade audiovisual”.

Luciana Abreu referiu não ter tido ainda “uma única crítica negativa nas redes sociais” sobre o programa em questão, no entanto revelou:

“Hoje em dia (…) as pessoas são pagas para destruir, para falar mal, (…) eu sinto isso no meu canal de televisão, na minha SIC, na minha família”.

“Há pessoas que se disponibilizam e que vivem para isso. A receberem dinheiro, porque não podem fazer outra coisa a não ser isso, para serem comentadores e colocarem defeitos naquilo que eu faço de livre e espontânea vontade, e que partilho e que ofereço”, garantiu.

No que respeita à sua vida pessoal, a cantora não teve dúvidas em afirmar:

“(…) Aquilo que eu torno público, torno público por respeito e é o mínimo dos mínimos porque eu não tenho de expor absolutamente nada. E é para me antecipar ao diz que disse e um beijo muito grande para vocês”, rematou.

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING