Segue-nos

Famosos

L’Oreal despede modelo transexual por dizer que “todo o branco é racista”

PUBLICIDADE

Publicado

em

Por

A marca interacional, conhecida por ter contratado, recentemente, algumas manequins transsexuais, acaba de despedir Munroe Bergdorf, uma dessas modelos.

PUBLICIDADE

Em causa, está uma declaração polémica da manequim divulgada nas redes sociais: “Todo o branco é racista” é a frase da polémica proferida pela modelo britânica de 29 anos. Apesar de ter apagado a declaração após toda a polémica, a marca não terá gostado e acabou por a despedir.

Segundo a própria, a frase foi apenas um desabafo após os ataques racistas ocorridos em Charlottesville e foi totalmente tirado do contexto por algumas pessoas.

“Honestamente, não tenho mais energia para falar sobre a violência racial das pessoas brancas. Sim, de TODAS as pessoas brancas”, era o texto em causa.

A L’Oreal respondeu, em comunicado: “L’Oréal defende a diversidade. Os comentários de Munroe Bergdorf estão em desacordo com nossos valores e por isso decidimos terminar a nossa parceria com ela.”

PUBLICIDADE

Mas a manequim transsexual não ficou por aí, reagindo de imediato: “Esta marca de maquilhagem não se preocupa com nada além de dinheiro. Convoco todos a boicotarem a L’Oréal. Não consigo explicar como estou desapontada com a forma de lidar com frases que foram completamente tiradas de contexto”, escreveu a modelo.

Thank you @channel4news

Uma publicação partilhada por Munroe Bergdorf (@munroebergdorf) a

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING

v