Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Leonor Poeiras ‘quebra silêncio’ sobre programa polémico: “Defendi-o não me orgulhando…”

PUBLICIDADE

Dispensada pela TVI, Leonor Poeiras falou sobre a sua dedicação, dando como exemplo o programa que defendeu até ao fim, sabendo que era completamente indefensável.

Publicado

em

Por

Leonor Poeiras / Instagram

Leonor Poeiras revelou hoje em entrevista ao site Holofote que foi dispensada da TVI.

PUBLICIDADE

A apresentadora revelou-se revoltada, magoada e desconsiderada pelo canal, em particular por Nuno Santos.

“São 17 anos à  frente das câmaras, dispensaram-me … A TVI  sempre me tratou com a maior consideração, respeito e profissionalismo. Sem dúvida nenhuma fiquei revoltada e chocada.”, refere.

Leonor Poeiras confessa não se identificar com a forma de trabalhar da nova direcção de programa, em particular de Nuno Santos:

“Não me identifico obviamente com a nova direcção de programa, com esta direcção de programas….com as escolhas,  com a maneira de trabalhar…  O  Nuno Santos disse, ele fez uma escolha pessoal, retirou-me do programa Pantene .. foi uma escolha dele, ele assumiu, podia ser  orçamento.. mas foi porque ele quis.”

PUBLICIDADE

Dispensada da TVI, Leonor Poeiras fala em ‘falta de consideração’: “Soube pelas redes sociais…”

Já no final da entrevista, a apresentadora quebrou o silêncio sobre o polémico programa que foi retirado do ar, ” Quem quer casar com o meu filho”, revelando que lhe pregaram uma rasteira, pois foi chamada para o fazer no dia antes da estreia e que só mais tarde ficou a saber que afinal foi tapar mais um buraco:

“Esse programa foi uma rasteira que me pregaram…. Para teres uma noção fui chamada de véspera para esse programa. Esse programa estava entregue a outra pessoa, e essa pessoa à última da hora não o quis fazer , percebeu os riscos que corria. Claro que isto não me foi contado, eu soube disto à posteriori.”

Leonor Poeiras conta que foi convencida de que seria o programa certo para apresentar que era a sua cara e que acreditou:

PUBLICIDADE

“É um programa super divertido, super cómico, tu és a pessoa certa para pôr sarcasmo no programa, diversão, no programa. Vi algumas imagens do programa original nesse mesmo dia, o Espanhol, e achei realmente divertido e achei: ‘isto vai ser óptimo para desmanchar todos os machistas’, eu sou a pessoa certa sim, até porque tenho uma posição bastante  feminista há bastantes anos que o demonstro…”

Apesar de ter defendido o programa até ao fim, bem como a estação, a apresentadora confessa que na verdade defendeu o que não tinha defesa possível e não se orgulha de o ter feito:

“Mas o que dizer.. Não me orgulho, e defendi-o até ao fim, não me orgulhando. Estive sempre do lado da estação a defender o indefensável.”

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para analeao@hiper.fm

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING