Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Júlia Pinheiro revoltada em direto com distribuição das vacinas: “É uma tristeza e uma vergonha…”

PUBLICIDADE

Júlia Pinheiro exaltou-se durante o seu programa, ao falar dos abusos na distribuição das vacinas contra a Covid-19…

Publicado

em

SIC/Site

Esta terça-feira, 2 de fevereiro, foi para o ar mais um “Júlia”, programa das tardes da SIC conduzido por Júlia Pinheiro.

PUBLICIDADE

Um dos convidados da emissão foi Filipe Órfão, enfermeiro da urgência do hospital de Santa Maria que tem estado na linha da frente no combate à pandemia da Covid-19 e marcou presença para dar então o seu testemunho.

A dada altura, e depois do convidado ter revelado já ter sido vacina com a primeira dose, Júlia Pinheiro aproveitou a ocasião para mostrar a sua revolta perante os abusos na distribuição de vacinas, que tem sido um dos temas polémicos dos últimos dias:

“Eu hoje estou muito zangada (…) estou profundamente indignada com aquilo que tem vindo a ser divulgado em relação às vacinas e à forma pouco ética e moralmente absolutamente… é para lá de reprovável”, começou por dizer.

Júlia Pinheiro referiu que as vacinas são, nesta primeira fase, “para os mais frágeis” e ainda para quem precisa “de maiores cuidados” e não para familiares e amigos de quem tem o poder de escolha:

PUBLICIDADE

“(…) Estou aqui a conter-me para não elevar a voz (…) mas a ideia de que existem pequenos poderes em Portugal que fazem com que pessoas que têm a possibilidade de fazer escolhas para uma lista de prioritários para serem vacinados e que o façam em benefício de si próprios e das suas relações é para mim absolutamente abjeto. É moralmente degradante”, disse, indignada.

“É uma tristeza e uma vergonha e eticamente reprovável”, terminou.

Veja aqui.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING