Segue-nos

Famosos

Júlia Palha “desabafa” sobre a necessidade de procurar “ser mais”: “O meu medo é que seja sempre assim…”

Júlia Palha “abriu o coração” e confessou um dos seus medos…

Publicado

em

Por

Júlia Palha “desabafa” sobre a necessidade de procurar “ser mais”: “O meu medo é que seja sempre assim…”
Reproduções | Instagram

Na sexta-feira, dia 15 de setembro, Júlia Palha esteve à conversa com Júlia Pinheiro no programa das tardes da SIC.

A jovem atriz abriu o coração e acabou por confessar um dos seus medos: “Uma coisa que esta minha geração assim mais jovem, digamos, acaba por sentir muito, é o medo de não ser suficiente. Para nós próprios eu acho. Há esse medo para os outros, mas é muito mais assustador e avassala-nos muito mais quando temos medo de não o ser para nós”.

Júlia Palha reconheceu que a “geração” define “falsas metas de felicidade” e acaba por sentir sempre que falta alguma coisa: “Como é que eu sou uma jovem de 24 anos, que tenho a minha própria casa, que trabalho há quase 10 anos numa coisa que eu adoro fazer, tenho tido sempre trabalho, não me falta nada… como é que eu estou constantemente à procura de algo que me vai fazer ainda mais feliz?” – questionou.

“Esta vertente acaba muito, para esta geração, por ser para o lado profissional. Nós somos muito exigentes. Temos muita necessidade de sermos bem sucedidos e do sucesso e de ter dinheiro e de conseguir as coisas” – afirmou.

Após nomear alguns dos desafios que já enfrentou na sua carreira, Júlia Palha assumiu: “Há sempre a sensação de ‘não, eu só vou estar realizada quando conseguir x, quando eu trabalhar fora, por exemplo’. E acho que, se um dia eu trabalhar fora, surgirá outra meta e o meu medo é que seja sempre assim”.

Veja a conversa aqui.

 

COMENTÁRIOS

TRENDING